• Postado por Tiago

Campo santo da Itaipava só abre dias de semana

O leitor Luís Carlos da Silva, 38 anos, foi visitar o túmulo do pai no cemitério da Itaipava, em Itajaí, no sábado, mas deu com a cara no portão. Luís lembra que o local sempre ficou aberto durante o dia, mesmo em feriados e finais de semana. Mas, no sábado, não encontrou nem um cartaz avisando a razão do fechamento. Auri Braz Cardoso, coordenador da Pastoral Comunitária (CPC), confirmou que o cemitério estava trancado e explicou que a funcionária responsável por destrancar o portão tá de licença médica.

Luís estranhou encontrar o portãozinho que leva ao cemitério fechado em plena manhã de sábado. Como não é comum o local estar trancado, ele achou que a pessoa responsável tinha atrasado e voltou à tarde, lá pelas 16h. Para sua supresa, o campo santo ainda estava fechado para visitação.

Revoltado, Luís diz que é um absurdo o cemitério ficar fechado no sábado, principalmente porque muitas pessoas só podem visitar os mortos aos finais de semana. Ele conta que na visita encontrou um casal que mora no centro e foi até a Itaipava somente para ir ao cemitério visitar os entes queridos enterrados lá.

Auri Braz Cardoso, coordenador do conselho da Pastoral Comunitária (CPC) da capela da Itaipava, explicou ao DIARINHO que a zeladora que era responsável por abrir e fechar o cemitério tá com suspeita de câncer e por isso entrou de licença médica. A pastoral teria contratado temporariamente outra funcionária, mas a mulher só aparece lá três dias por semana para fazer a limpeza do local. O trabalho de abrir e fechar o cemitério durante a semana ficou com o coveiro, mas ele não trabalha nos sábados e domingos. Foi aí que o entrave começou.

Auri afirma que no domingo ele mesmo abriu o cemitério, mas diz que é complicado ficar com a responsabilidade todos os finais de semanas. O chefão da pastoral pede a compreensão da comunidade. Ele diz que o conselho da paróquia tá esperando o diagnóstico da zeladora, pra ver se ela tá mesmo com câncer e então decidir se contrata ou não funcionária para abrir o cemitério aos finais de semana.

  •  

Deixe uma Resposta