• Postado por Tiago

O fotógrafo Joel Pacheco lança hoje, às 19h30, na Livraria Catarinense do Beiramar Shopping, o livro “A Canoa Baleeira dos Açores e da Ilha de Santa Catarina”. Joel levou quatro anos pra pesquisar e fotografar embarcações tradicionais, que estão sendo trocadas por barcos mais práticos. Uma delas é a canoa de Guarapuvu, feita a partir de um tronco da árvore que é símbolo de Floripa. “Os pescadores estão trocando pelo bote, que é mais simples e de fácil manutenção”, justifica.

A ideia do livro surgiu em 2005, quando o autor testemunhou o estado precário das baleeiras nas praias de Cacupé, Sambaqui, Jurerê, entre outras. Elas tavam abandonadas na areia, apodrecendo, com mato dentro. Então, ele pensou em produzir um livro na mesma linha de sua primeira publicação “Florianópolis, a 10ª Ilha dos Açores – O encontro das origens” (2004), que faz um comparativo das duas regiões. “A baleeira está sendo desprezada. Penso que devemos fazer todos os esforços para que esta tradição seja passada para as gerações futuras”, acredita.

Em 2007, o projeto foi aprovado na lei de incentivo à cultura federal, e contou com o patrocínio da Eletrosul e Prosul Engenharia. Joel foi pro arquipélago açoriano, onde entrevistou, durante 15 dias, cerca de 20 pessoas nas ilhas do Faial, São Jorge e do Pico, onde há a maior concentração de baleeiras. Este ano, o livro foi contemplado com o edital estadual Elisabete Anderle.

  •  

Deixe uma Resposta