• Postado por Tiago

D.A., 27 anos, procurou o DIARINHO indignada da vida. Mãe de um menino de dois anos, ela diz que seu filhote teve o atendimento médico negado no hospital infantil Pequeno Anjo, que fica no centro de Itajaí.

O caso rolou na terça-feira, lá pelas 19h. “Eu tenho plano de saúde, mas não quis usar porque não queria pagar a consulta, daí simplesmente me disseram que pelo SUS não poderiam atender o meu filho”, denuncia.

A leitora tem o plano de saúde participativo da Unimed, onde em cada consulta ou exame realizado o cliente paga uma porcentagem do valor integral do atendimento. Como sabia que o Pequeno Anjo também recebe pacientes do SUS, D. optou por economizar a grana e usar o atendimento público. Foi aí que recebeu um não como resposta. “Eles falaram que na ficha do meu filho constava que ele tinha plano de saúde e por isso não poderiam o atender pelo SUS”, relata.

O menino, que tava cheio de alergias pelo corpo, só foi atendido por um médico quando os pais levaram o pequerrucho até a policlínica do bairro São Vicente. “Agora o meu filho está bem, mas nem na creche ele podia ficar, porque ninguém sabia o que era a doença”, conta D..

Fecharam o bico

A direção do hospital Pequeno Anjo, através de sua assessoria de imprensa, informou que não encontrou no sistema nenhuma pedido de atendimento por parte dos familiares do garoto e por isso não vai se manifestar sobre o caso.

  •  

Deixe uma Resposta