• Postado por Tiago
"Há alguns anos Gabriela vem criando algumas possibilidades para a imagem dos galhos de uma árvore que lhe insiste a observação", escreve Francine Goudel

"Há alguns anos Gabriela vem criando algumas possibilidades para a imagem dos galhos de uma árvore que lhe insiste a observação", escreve Francine Goudel

A Fundação Cultural Badesc abre na quarta-feira, às 19 horas, as exposições Objecto Quase, de Gabriela Caetano, e Meia Paisagem e Meia, de Claudia Zimmer.   A fotografia é uma linguagem comum nas duas exposições.

Gabriela Caetano, 22 anos, formanda em artes plásticas pela Udesc, já participou de coletivas e experimenta sua primeira individual.  Em Objecto Quase, ela leva a fotografia para outros suportes, que inclue o vídeo, tecido, transparências e objetos.

Claudia Zimmer, 40 anos, tem graduação em artes plásticas pela Udesc e mestrado em poéticas visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).  As fotos, em sua maioria, são impressas em papel-jornal, mas há também uma imagem sobreposta com uma chapa de acrílico.

Na quarta-feira, às 18 horas, antes da abertura da exposição, Gabriela Caetano e Claudia Zimmer vão fazer uma exposição sobre as mostras.  E no dia 23 de junho, às 18h30, elas participam do Café com Assunto, um encontro arte-educadores.

A visitação segue até 29 de julho, de segunda a sexta, das 8h às 18h, na rua Visconde de Ouro Preto, 216, centro de Floripa.  A entrada é gratuita.

  •  

Deixe uma Resposta