• Postado por Tiago

A Fundação Cultural Badesc inaugura um novo cineclube. Além das cinematografias de língua francesa, espanhola e inglesa, a fundação vai abrigar também um cineclube de idioma italiano, em convênio com o Centro de Cultura Italiana. A estreia é quinta-feira, dia 3, às 18h30. O ciclo de abertura vai homenagear o ator e diretor Roberto Benigni.

Serão exibidos quatro títulos, realizados entre 1988 e 2005. A Vida é Bela, seu filme mais famoso, vencedor de Melhor filme Estrangeiro em 1998, não entra em cartaz. Estão previstos títulos menos conhecidos do público brasileiro, mas todos com direção e atuação de Benigni. O filme de abertura é O tigre e a neve, de 2005, sobre a guerra do Iraque. Na segunda semana, entra em cartaz Pinóquio, de 2003. Completam o ciclo O monstro, de 1994, e O pequeno diabo, de 1988.

Já o cineclube em parceria com a Aliança Francesa, com sessões às segundas-feiras, apresenta este mês, no dia 14, cinco curtas de Alain Resnais: Guernica, As estátuas também morrem, Noite e neblina, O canto do Estireno e Toda memória do mundo. Dia 20, entra em cartaz a sessão Decididamente animados, com 12 curtas de diversos diretores franceses. O ciclo é fechado no dia 28, com o drama Nas cordas, de Magaly Richard-Serrano.

O Cinema Espanhol, exibido às quartas, tem programado quatro filmes de épocas e diretores variados: El Cid, para o dia 9; Dom Quixote, dia 16; Veneno da Madrugada, dia 23, e Antes do Anoitecer, dia 30. O cineclube Cinema Chá e Cultura, de língua inglesa, que ocorre uma vez por mês, vai exibir Bent, baseado na peça homônima de Martin Sherman e dirigido por Sean Mathias. No elenco, uma presença inusitada, o vocalista do Rolling Stones, Mick Jagger.

Com a inauguração do cineclube em parceria com o Centro de Cultura Italiana, sobe para oito o número de cineclubes que funcionam no Centro Histórico de Florianópolis. A região do entorno da praça 15, originalmente espaço das salas de cinema de rua até o início dos anos 90, está de volta às origens. Além dos quatro cineclubes que funcionam na Fundação Badesc, há outros quatro.

A região abriga ainda o Cineclube Ieda Beck da Cinemateca Catarinense, Cinema Falado do Museu Victor Meirelles, Cinearth do Museu da Escola Catarinense e o Cineclube BRDE. Em todas as salas, o ingresso é gratuito.

  •  

Deixe uma Resposta