• Postado por Tiago

Crimes rolam solto nas praias de Balneário

A ladroagem de Balneário Camboriú tem aproveitado a temporada pra lavar a égua surrupiando os turistas. Só nos 10 primeiros dias do ano, o número de furtos na praia e em carangos estacionados ao longo da avenida Atlântica e pela região da Interpraias aumentou 23%, se comparado ao mês de dezembro todinho. Pro delegado Regional Ademir Serafim, a culpa pelo grande número de mãos-grandes espalhados pela city é da falta de polícia na rua e da desatenção do povão.

Em dezembro, foram registrados pela polícia Civil 24 furtos pelas praias. Em janeiro, já são 31. Entre eles tão desde os casos em que um espertinho passa ao lado do guarda-sol e carrega o que é deixado à vista pelos banhistas, até os possantes que são levados sem deixar rastro.

Dotô Ademir diz que o aumento é explicado pela grande quantidade de gente que circula na Maravilha do Atlântico nesta época. ?Estamos no pico da temporada. O policiamento foi intensificado, mas é difícil atender toda a demanda?, reconhece.

Outro problema é a falta de punição decente pros ladrõezinhos chinélis, que incentiva os malandros a entrarem pro mundo do crime. ?Nossa legislação é muito branda com quem comete esses pequenos furtos. Deveria-se pensar que ninguém começa carreira no crime assaltando banco e carro-forte?, lembra o delegado. Entre os mãos-grandes que atuam no Balneário nesta época do ano tem desde moradores da city até gente que vem de fora, só pra se aproveitar da turistada.

Abra o zóio

A solução pra quem não quer levar preju nas férias é redobrar a atenção. O delegado recomenda que badulaques de valor não sejam deixados à vista dentro do carro, pra evitar arrombamentos. ?Também não se deve deixar o veículo em lugar mal iluminado, e muito menos aberto?, diz.

A mesma dica vale pra quem arma o guarda-sol pra curtir a praia. ?Praia não é lugar de levar filmadora, máquina fotográfica, e nem muito dinheiro. Deve-se estar só com o mínimo necessário?, recomenda dotô Ademir. Caso decida dar um mergulho, sempre é bom deixar alguém de confiança de zóio nos trecos que ficaram na areia. ?As pessoas vêm pra praia, de férias, e se liberam muito. Todo mundo deveria fazer a sua parte pra dificultar a ação do malandro?, alerta o delegado.

  •  

Uma Resposta to “Furtos na praia aumentaram 23% em 2010”

  1. cambc Diz:

    Se a policia parasse de se preocupar menos com fazer blitz, pra cobrar multa, acredito que seria possivel sim ter maior cuidado com a segurança. Paola

Deixe uma Resposta