• Postado por Tiago

INTERNA-BAIXO-PAG-23---s---figueirense---paulo-prisco-paraiso-foto-rubens-flores-15dez09

Prisco prometeu nome do novo técnico antes do Natal

A reunião pra tratar do futuro do Figueirense, que rolou ontem, no estádio Orlando Scarpelli, deu em nada. O modelo de administração a ser implantado pelo clube a partir do ano que vem deve ser resolvido somente em nova reunião, na terça-feira da semana que vem.

Pro presidente do conselho deliberativo, Nestor Lodetti, a proposta da Figueirense Participações (FP) ainda gera muita controvérsia. Isso indica que muita conversa vai rolar. ?Precisamos acertar alguns pontos, como novo prazo, a participacao da FP na gestão administrativa e financeira e no futebol do clube. Tudo está sendo examinado com todo o cuidado porque o objetivo final é o fortalecimento do Figueirense?, conta.

De acordo com Nestor, há um contrato em vigor entre o Figueira e FP e, se houver algum rompimento, o clube tem um plano B. ?Ela continuará com o trabalho com o nosso apoio. Agora se acontecer a rescisão, teremos que fazer uma transição e criar um novo modelo de gestão. Estamos estudando um plano alternativo que já está bem encaminhado. A prioridade agora é criar um novo modelo com a FP e eventuais parceiros liderados pela FP?, afirma.

De acordo com Paulo Prisco Paraíso, diretor da FP, o que pega nesse momento é se a empresa continua ou não aliada do clube. Isso interfere na renovação de contratos de jogadores vinculados à empresa e, por isso, a coisa tá emperrada. Porém, garante que novidades podem pintar na semana que vem. ?Uma solução do contrato não teremos até o Natal. O que o torcedor terá é o nome do técnico, como estará o grupo. A FP continua administrando o futebol do Figueirense na mesma responsabiliadde de sempre. Claro que temos que trabalhar dentro da realidade financeira que temos hoje. Vamos aguardar por essa negociação para podermos colocar em prática todos os nossos projetos?, diz.

  •  

Deixe uma Resposta