• Postado por Tiago

A cabeça do vereador comunista Marcelo Werner ainda está a prêmio na Câmara de Vereadores de Itajaí e agora está nas mãos de Renato Ribas (PSDB), relator da comissão de ética da casa legislativa peixeira. O pedido de cassação do mandato do vereador do PC do B foi feito pelo diretório municipal do PT no dia 7 de julho e está agora em sua etapa decisiva. Werner era sócio de uma empresa que mantinha contrato com a prefa até meados de março, ou seja, depois de ter sido diplomado para o cargo na câmara, o que é irregular, conforme a constituição federal.

Depois de receber o requerimento, o presidente da câmara de vereadores, Luis Carlos Pissetti (DEM), encaminhou o pedido pra comissão de ética da casa, que decidiu aceitar a denúncia. Em duas semanas, Marcelo Werner apresentou sua defesa e o pedido de cassação voltou pra comissão.

Pissetti disse que o relator tem agora duas alternativas antes de emitir o seu parecer no relatório. “Ele pode pedir mais audiências pra ouvir testemunhas e juntar provas ou encaminhar o seu parecer diretamente ao plenário, pro pedido de cassação ser votado pela casa”, explicou.

Autor da denúncia, o presidente do PT, Felipe Damo, disse que o partido apenas aguarda a decisão e espera que a lei seja cumprida. “Eu acredito no trabalho sério dos vereadores e espero que eles não transformem a câmara itajaiense num novo senado federal, que vem arquivando todas as denúncias de cassação recebidas”, lascou.

  •  

Deixe uma Resposta