• Postado por Tiago

Os tiros que mataram Tiago Meireles Pereira, 25 anos, assustaram os moradores do bairro São Vicente, em Itajaí. Tiago era garçom e foi morto com quatro balaços após sair na porrada com o assassino. O crime rolou na noite de sexta-feira e até agora o matador não foi achado.

A execução foi em frente de um bar da rua Pedro Cristiano de Miranda. Populares contaram aos milicos que o matador tava montado numa Suzuki 125 prata e já tinha passado pelo local umas quatro vezes, antes de encontrar Tiago.

Ao ver o garçom, o assassino desceu da moto e apontou um trabuco pra ele. Antes que ele pudesse atirar, Tiago partiu pra brigar e os dois caíram no chão. No meio da luta, o matador mandou quatro tiros no garçom. As balas acertaram a cabeça, o pescoço, a barriga e o braço de Tiago. Após os disparos, o matador deitou o cabelo na moto.

A polícia Militar e os bombeiros foram chamados, mas não havia o que ser feito: Tiago já tava morto. Os milicos ainda fizeram rondas atrás da cabrita, mas nem o rastro dela foi encontrado.

Na manhã de sábado, a namorada da vítima esteve no instituto Médico Legal (IML) e reconheceu o amado. A coitada contou que Tiago era natural do Rio Grande do Sul e trabalhava na região como garçom. Ela não soube explicar porque Tiago e o motoqueiro brigaram no meio da rua e nem os motivos que o cara teria para matá-lo. Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso repassado à central de Operações Policiais (COP), que assumiu as investigações.

  •  

Deixe uma Resposta