• Postado por Tiago

Tatiele Moura dos Santos caiu no golpe do emprego pela internet. A garota chegou a depositar 150 reais para uma mulher identificada como Maria Helena, acreditando que ia receber um computador portátil e ganhar uma graninha fácil, trabalhando em casa. Ela só percebeu que tinha caído num golpe quando não recebeu o computador prometido.

A moça disse que tava precisando muito de um emprego e acabou caindo na conversa de um amigo-da-onça, que surgiu com uma proposta tentadora.

O rapaz, um tal de Júlio Neto que se identificou como um influente membro do PT catarinense, passou o e-mail de uma amiga que trampava em um saite bacana de Blumenau. Como tava precisando de uma graninha, a desempregada começou a trocar informações com a golpista pela internet.

A safada, que se chamava Maria Eduarda, falou para Tatiele que mandaria um notebook e um cd com informações sobre o saite ao endereço da universitária. A única coisa que a coitada precisava fazer era depositar 150 reais numa conta no Banco do Brasil em nome de Maria Helena Pinto Neto, para começar a trabalhar. Sem suspeitar de nada, Tatiele depositou a graninha. Depois do depósito, a golpista sumiu sem deixar rastros.

Tatiele tentou falar com a safada pela internet e pelos números de celulares, mas a moçoila siscafedeu. O muy amigo Junior também disse que não tem nada com isso. Tatiele já deu queixa do caso à polícia.

  •  

Deixe uma Resposta