• Postado por Tiago

INTERNA_abre_jaime-ardilha-GM_internet

Ardila jura que investimentos continuarão no país

Jaime Ardila, presidente da General Motors (GM) do Brasil e operações no Mercosul, anunciou ontem, em entrevista coletiva, que a montadora manterá em funcionamento a fábrica da Chevrolet em terras tupiniquins.

?A GM do Brasil é saudável, lucrativa?, afirmou Ardila. Ele jura que a fábrica, por aqui, dá lucro e que a empresa fará parte da chamada Nova GM, que é o pedaço da gigantesca montadora norte-americana que não tá mal das pernas e que, portanto, não vai quebrar.

No balde de otimismo que jogou pra cima dos jornalistas, o chefão da GM brazuca garante que a montadora manterá a programação de investimentos de dois bilhões de dólares para o Brasil no período de 2007 a 2012. Isso significa dizer que a fábrica não somente continuará em funcionamento como aumentará sua produção.

Se forem verdadeiras as afirmações do Ardila, o fantasma do desemprego nas montadoras brasileiras deixa de existir. Em 2008, no Brasil, a Chevrolet teve seu melhor ano de resultado de vendas. Em nível mundial, a GM perdeu a primeira posição de maior montadora para a japonesa Toyota.

Tá mal das pernas

O anúncio da manutenção da fábrica da GM no Brasil, por Ardila, foi feito um dia depois que a direção da empresa, nos EUA, pediu arrego pro governo norte-americano.

Na segunda-feira, a GM oficializou o pedido de concordata. Junto, fez a solicitação para se beneficiar do programa contra falências do governo daquele país. Com isso, a montadora vai receber do governo dos EUA mais 30,1 bilhões de dólares. Em troca, dará 60% do controle da Nova GM. O governo do Tio Sam já havia colocado cerca de US$ 19 bilhões na GM.

Além do Brasil, a China é outro país em que a fábrica da GM se manterá intacta. Nos próximos cinco anos, a montadora pretende vender mais de dois milhões de veículos naquele país, apostando no crescimento da renda dos chineses.

No restante da Ásia, a direção da GM informou ontem que investimentos serão cortados e fábricas serão fechadas.

A história da GM

A General Motors Company foi fundada em 1908. Em 1925, começou a operar no Brasil. No ano passado, a empresa anunciou que precisava de 18 bilhões de dólares pra não quebrar. O presidente Barak Obama, dos EUA, deu 13,4 bi e, em março deste ano, exigiu um plano de reestruturação. Ao invés do plano, a GM pediu concordata.

  •  

Deixe uma Resposta