• Postado por Tiago

O gerente do Besc/Banco do Brasil de Araquari, no norte do estado, viveu momentos de terror semana passada. O cara foi sequestrado dentro de casa na segunda-feira e só foi libertado na madrugada de sábado. Os bandidos queriam informações privilegiadas de bancos da região pra organizar um mega-assalto.

A polícia civil de Araquari, que investiga o caso, contou que o bancário foi rendido por três vadios em sua baia em Balneário Barra do Sul, durante a madrugada de segunda-feira. Dois dos bandidos usavam máscaras e tavam armados com pistolas.

O grandão do Besc contou que não rolou agressão durante os seis dias em que ficou no cativeiro. A quadrilha, que tinha o sotaque carioca, queria saber detalhes do funcionamento das agências de Araquari e Balneário Barra do Sul. Eles perguntaram o número de funcionários, que horas chegavam e quando era aberto o cofre. A intenção era assaltar os bancos.

O refém só voltou pra casa na madrugada de sábado depois que os bandidos o avisaram que o plano não tinha dado certo. O gerente acredita que o fato de ele estar de folga e com transferência marcada pra cidade de Mafra, atrapalhou a ação dos bandidos. O caso tá sendo investigado pela polícia de Araquari, que por enquanto não tem suspeitos.

  •  

Deixe uma Resposta