• Postado por Tiago

abre-p2-gian-e-giovani

Dupla tá há 21 anos na estrada

A prefa dengo-dengosa resolveu abrir a mão e trazer um baita show nacional pra fechar a programação de aniversário pelos 47 anos de emancipação política. A dupla sertaneja Gian e Giovani vem tocar seus maiores sucessos e as músicas do último álbum ?Te amo?, o 17º da carreira, que traz 12 canções inéditas e duas regravações. A faixa de trabalho dos caras é ?Se é amor?, de outra dupla famosa – Bruno e Marrone. O show vai rolar em frente ao ginásio de esportes, a partir das 21h, digrátis.

A história dos irmãos Gian e Giovani, que, na verdade, se chamam Aparecido e Marcelo, começou em Franca, interior de São Paulo, conhecida como a capital paulista do sapato. Desde pequeno, os guris tinham jeito pra música e gostavam de tirar um som no violão do pai. Aparecido aprendeu a tocar sozinho e foi incentivado pelo pai Francisco a liderar um trio infantil de música sertaneja, pois na época, o irmão Arnaldo também manjava do babado.

Eles se transformaram no trio Sereno, Sereninho e Gauchinho. Ao assistir uma apresentação, um comerciante local decidiu apadrinhar o grupo, e com a saída de Arnaldo, o padrinho artístico sugeriu Gian e Giovani, aceito na hora pelos os afilhados.

Caravan

Mas até fazer sucesso, a dupla ralou muito. Além do dinheiro dos ingressos, eles venderam a caranga (uma Caravan) pra bancar a gravação, realizada em 1988.

O primeiro grande sucesso foi ?Amante Anônimo?, seguida de ?Espuma da Cerveja?. Logo no segundo CD, Gian e Giovani venderam 400 mil cópias. O resto é história…

A dupla lançou o último cd, na quarta-feira, na 54ª Festa de Peões de Barretos, a maior festa do gênero, que começou no dia 20, no interior de São Paulo e junta quase um milhão de fanáticos por música sertaneja.

  •  

Deixe uma Resposta