• Postado por Tiago

Uma dupla de golpistas anda tocando o terror em famílias de Porto Belo e Bombinhas. As mulheres mentem ser do conselho tutelar, dizem ter recebido denúncias de maus-tratos, e ameaçam levar os pequerruchos embora. O caso já foi levado até a polícia Civil, e os conselheiros pedem que quem ganhar uma visitinha das coisas-ruins se apresse em fazer uma denúncia.

As maldosas começaram a agir há uma semana. Elas foram até uma casa em Porto Belo, se apresentaram como membros do conselho tutelar, e disseram à avó de um pimpolho que tinham recebido informações de que o anjinho tinha sido espancado pela mãe. “Elas ameaçaram entregar a mãe à polícia e levar a criança embora”, conta a coordenadora do conselho na city, Marlene Alice Waltrick da Costa.

Quando soube o que tinha rolado, a mãe do pequerrucho ficou apavorada e procurou o conselho. “A denúncia contra ela não procedia. Mas, infelizmente, a avó da criança ficou tão nervosa que não conseguiu passar características das duas mulheres, nem do carro em que elas tavam”, conta Marlene.

Dias depois, uma família de Bombinhas e outra de Porto Belo também receberam ameaças das conselheiras fajutas, só que por telefone. “Fizeram exatamente as mesmas ameaças. Já apuramos que uma ligação saiu de um telefone fixo, e a outra de um orelhão”, revelou a coordenadora do conselho.

Marlene diz que não sabe ao certo o que as golpistas pretendem com as ameaças. “No início pensamos que isso fosse pra depreciar a imagem do conselho, já que estamos com dificuldades, sem carro pra trabalhar. Mas depois achamos que essas pessoas podem estar com segundas intenções, e realmente queiram levar as crianças”, comentou.

O pessoal do conselho avisou a polícia Civil, que tá investigando o caso. Marlene diz que quem receber uma visita ou telefonema das infelizes pode entrar em contato com os conselheiros, no (47) 9605-0193 ou (47) 3369-9367. Ou ainda procurar a delegacia da polícia Civil.

  •  

Deixe uma Resposta