• Postado por Tiago

”Com relação ao alerta da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, a respeito da investigação de um lote de sardinhas da Gomes da Costa, a empresa, em respeito a seus milhões de fiéis consumidores, entende como necessário informar que:

– Mesmo tendo a certeza de que seus produtos não são responsáveis pelos casos de intoxicação alimentar ocorridos em Coruripe – AL, vem prestando todo o apoio e todas as informações solicitadas pelos órgãos de controle e vigilância e realizou, em atendimento à ANVISA, a retirada temporária do varejo da pouca quantidade remanescente do lote das referidas sardinhas em conservas, até que as análises atestem a qualidade dos produtos Gomes da Costa; o laudo definitivo do Instituto Adolfo Lutz deverá estar disponível até a próxima terça-feira;

– A empresa atua há mais de cinco décadas no Brasil, sempre oferecendo produtos de pescado de acordo com os mais modernos e higiênicos processos produtivos, que garantem elevados e consistentes padrões de qualidade e perseguem o objetivo de levar saúde às pessoas.

– O produto, após enlatamento, é obrigatoriamente submetido ao processo de esterilização a altas temperaturas, que garante a destruição de todo e qualquer micro-organismo patogênico e anula as chances de proliferação dessas bactérias e/ou produção de toxinas.

A Gomes da Costa seguirá fazendo de tudo para honrar a escolha de seus produtos feita por milhões de consumidores diariamente.”

Ass: GWA, assessoria de

imprensa da Gomes da Costa

(Transcrito ipsis litteris)

  •  

Deixe uma Resposta