• Postado por Tiago
Matriz de São José - foto Hugo Dohl

Matriz de São José - foto Hugo Dohl

As igrejinhas históricas de Nossa Senhora da Lapa, no Ribeirão, Sul da Ilha de Santa Catarina, e da Matriz de São José, na Grande Floripa, vão ganhar uma ajeitadinha por conta do convênio assinado pelo governador Luiz Henrique da Silveira. Serão gastos cerca de R$ 3,4 milhões nas reformas.

Está previsto no convênio assinado sábado que a Igreja Matriz de São José receberá um total de R$ 1.831.570 para a primeira etapa das obras. A construção é de 1750 e, em 1845, recebeu a visita do imperador Dom Pedro II e sua esposa Dona Maria Tereza Cristina. Na ocasião, o imperador também deixou algumas moedas de ouro pra restauração da igreja.

O outro tanto no valor de R$ 1.579.400 será encaminhado pras obras na Igreja de Nossa Senhora da Lapa, no Ribeirão, construída em 1763 pelos imigrantes açorianos. Desde que a construção, feita de argamassa de cal, óleo de baleia e pedras, foi interditada por falta de segurança em novembro do ano passado, a comunidade utiliza o salão paroquial pras celebrações.

A previsão é de que em um ano a primeira fase estará pronta.

  •  

Deixe uma Resposta