• Postado por Tiago

O ministro Guido Mantega, da Fazenda, anunciou ontem que o governo vai prorrogar a redução do imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) das geladeiras, fogões, máquinas de lavar e tanquinhos. O fim do arrego para os produtos da chamada linha branca seria 30 de outubro, mas a partir de 1º de novembro os eletrodomésticos classificados com o selo A do programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) serão vendidos com IPI brochado. A mumunha vai até 31 de janeiro do ano que vem.

A indústria e o comércio, frisou o ministro, terão que repassar a redução integralmente ao consumidor. Mantega diz que o governo deixará de arrecadar, com a decisão, mais de R$ 132 milhões com o tributo.

  •  

Deixe uma Resposta