• Postado por Tiago

foto-1Neste próximo sábado, 25, será a vez de Itajaí ver a Grande Marcha para Jesus.  O autor da lei que institui anualmente o último sábado do mês de julho para ser o Dia Municipal da Marcha para Jesus em Itajaí é o vereador do PDT Maurílio Moraes.

A organização deste evento coube pela lei ao Conselho de Pastores Evangélicos de Itajaí (Copevi), mas a marcha deverá reunir fiéis de todas as religiões cristãs com representatividade na cidade e em cidades vizinhas. Maurílio Moraes explica que a Marcha para Jesus é um evento internacional, surgido na cidade de Londres (Inglaterra), em 1987, com a intenção de tirar a igreja de dentro das quatro paredes, manifestando sua presença junto à sociedade.  A proposta se espalhou pela Europa na década de 90, chegando ao Brasil no ano de 1993, quando mais de 350 mil pessoas percorreram as principais ruas de São Paulo, até o vale do Anhangabaú.  Atualmente, mais de três milhões de pessoas participam da marcha, só na cidade de São Paulo.

O vereador destaca, ainda, que a marcha é um ato pacífico, buscando demonstrar que a Igreja tem a oportunidade de mostrar que não é restrita aos templos, mas aberta a toda sociedade. “Outro importante objetivo deste evento será oferecer a oportunidade única de viver um momento de comunhão entre adeptos de todas as denominações cristãs, sem discriminações ou dissensões.  A Marcha para Jesus também é um evento que permite expressar ao mundo a comunhão dos cristãos e também a fé em Jesus Cristo”, acentua.

A grande Marcha para Jesus terá início às 9 horas da manhã, com concentração em frente ao ginásio Gabriel Colares às 8 horas, partindo no sentido da rua Tijucas, seguindo pela rua Gil Stein Ferreira, posteriormente pela rua Hercílio Luz com chegada na prefeitura, onde serão realizados shows evangélicos e diversas apresentações.

  •  

Deixe uma Resposta