• Postado por Tiago

INTERNA_11_abre_saque-maxxi-_arquivo-Rodrigo-Haimann

Empresa diz que gastou R$ 7,8 milhões pra reformar o atacadão saqueado na enchente

A gringalhada dona da rede americana Wall-mart reinaugura hoje as instalações do gigante Maxxi Atacado, que fica na avenida Adolfo Konder, a Transilvânia, no bairro São Vicente, em Itajaí. Até o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) confirmou presença na solenidade, marcada para as 9h.

O presidente da rede no Brasil, o cubano naturalizado norteamericano Héctor Núñez, vem dar um plá na reabertura do atacadão. O público terá acesso ao interior do mercado a partir das 9h30 ou quando acabar o blablablá das autoridades.

O Maxxi foi detonado pela enchente de novembro do ano passado e também foi atacado entre os dias 24 e 26 daquele mês por hordas de saqueadores. Comida, eletrodomésticos e milhares de outras mercadorias foram levados. A polícia chegou a prender 23 pessoas sob acusação de saques.

Os custos para a reconstrução dos oito mil metros quadrados do mercado foram de aproximadamente R$ 7,8 milhões.

Juliano Rigathi, da assessoria de comunicação do grupo Wall-mart para o sul do Brasil, disse ao DIARINHO que os cerca de 150 empregos que a empresa tinha na cidade antes da enchente de novembro do ano passado foram mantidos. Tatyane Nunes, também da assessoria de imprensa do grupo, informa que o Maxxi de Itajaí continua recebendo currículos de pessoas interessadas em trampar na empresa. Eles podem ser entregues direto na loja ou enviados para o e-mail crlima@wmsul.com.br.

O grupo Wall-mart nasceu em 1962 nos Estados Unidos. Hoje existe em 11 países das Américas, Europa e Ásia. No Brasil, os supermercados e atacadões da Wall-mart chegaram há 11 anos. A rede de supermercados Big é o carro-chefe das empresas do grupo.

  •  

Deixe uma Resposta