• Postado por Tiago

INTERNA-10---g---h1n1---postinho-da-1500---brigitte-bardot-(11)

Galera invadiu os postinhos por causa da gripe

Com o bafafá da nova gripe, o povão de Balneário Camboriú começa a buscar os postinhos da city pra ficar por dentro do assunto. Pelas informações da secretaria de saúde do município, o movimento de curiosos aumentou no último mês. A maior procura tem rolado principalmente no posto central, da rua 1500, de onde nem todos saem satisfeitos com o atendimento.

Um dos descontentes é o atendente G.P., 28 anos, que prefere não se identificar com medo de espantar os colegas. Ele acha que tá com a nova gripe. Há três dias tá com febre de 39 graus, coriza e dor no corpo. Desconfiado, procurou o postinho do centro onde tirou pressão e mediu a febre. No entanto, não recebeu atendimento médico no local e ficou de cabelo em pé.

A consulta de G. ficou marcada pra um dia depois da sua ida ao postinho. ?Se eu estiver com um caso grave, doente, não fui atendido por quê? É falta de médico??, questionou, apavorado. A enfermeira epidemiologista de Balneário, Andréia Bittencourt, explica que o paciente não foi atendido de imediato por não apresentar um quadro clínico de urgência.

Ela explica que a triagem daqueles que procuram os postos é feita pelas enfermeiras que já sabem tudo sobre a nova gripe. ?O critério agora é priorizar o atendimento às pessoas que estejam desenvolvendo uma doença respiratória aguda grave. No caso dele seria uma síndrome gripal que pode ser atendida no outro dia?, diz.

Pra tirar dúvidas como esta é que as pessoas têm procurado os postos de saúde da região. No Balneário o movimento aumentou, mas a prefa ainda tá levantando os números pra fazer o comparativo dos meses. ?Ainda estamos trabalhando muito na área de orientação pra manter a população tranquila?, assegura a diretora da divisão de saúde de Balneário, Tatiana Raquel Stumm da Cruz.

A mulé afirma que todos os profissionais dos postinhos receberam instruções técnicas do governo da Santa & Bela e sabem direitinho como atender os quadros suspeitos. Tatiana conta que uns pacientes que indicavam que poderiam estar com a gripe porca foram orientados até a usar a máscara de proteção que foram compradas pelo município. Tiveram o ranho coletado e encaminhado pra análise.

Os sintomas preocupantes são: febre alta, acima de 39º, tosse ou dor na garganta e falta de ar aguda. Os agentes de saúde recomendam que este pessoal evite locais aglomerados e dê um pulo no postinho pra bater um papo com os profissionais de saúde.

Confirmados e suspeitos

Pelas contas da Andréia Bittencourt, Balneário tá com três casos confirmados. São dois homens e uma mulher que tiveram contato com pessoas infectadas pelo vírus da nova gripe. Dois se infectaram em Curitiba, e outro nos Estados Unidos. Estes adultos receberam medicamentos e passam bem. ?A população não precisa se desesperar?, garante Andréia.

A galera da vigilância epidemiológica de Balneário ainda tem hoje três casos suspeitos e dois que estão sendo monitorados. São adultos e também crianças que já estiveram internados no hospital, foram medicados e já receberam alta. Foram coletadas amostras destas pessoas e encaminhadas pra análise de um laboratório especializado no Rio de Janeiro. O resultado dever chegar até semana que vem.

Pelas informações do ministério da saúde, o Brasil tem 1175 casos confirmados e já registrou 22 mortes. Muitas das vítimas fatais foram infectadas nos EUA e na Argentina.

  •  

Deixe uma Resposta