• Postado por Tiago

PAGINA-10-ABRE-g---nilson-probst

Nilson Probst é o autor do projeto que criou a guarda municipal em Balneário

Um dia depois da aprovação da guarda municipal de Balneário Camboriú na câmara de vereadores, o secretário de Segurança, Adelcio Bernardino, começou a fazer os levantamentos pra tornar o projeto realidade. Pro abobrão, a guarda terá que estar nos trinques até outubro de 2010.

O secretário explica que a guarda não poderá estar formada até o início do ano por culpa da burocracia. Pra que chegue na etapa de os guardinhas estarem nas ruas, será preciso abrir um processo licitatório pra contratar empresas pra fazer a seleção da galera que quer trampar como guardinha.

Como as festas de fim de ano já estão aí e nessa época muitos concorrentes entram em férias, o pontapé inicial pra formação dos guardinhas só deverá ser dado em janeiro de 2010. ?A gente vai agilizar pra que, no máximo, em outubro do ano que vem a primeira turma da guarda esteja formada?, palpitou.

O projeto delimita que 200 agentes façam os trampos nas ruas, mas só 60 carinhas vão passar pelas aulas no ano que vem. A divisão de turmas foi necessária pra evitar que role um aglomero dentro das salas e possibilite uma futura troca de experiência entre os guardinhas. ?Será necessário ter duas salas de aula em período integral porque não tem como ficar 60 em uma sala de aula só. Imagina 200, os custos seriam muito altos?, afirma.

Numa conta por cima, o secretário arrisca em dizer que a formação de cada guarda custará cerca de R$2.500 pros cofres públicos. Os valores dependem da proposta apresentada pelas polícias civis e militares que deixaram as suas academias à disposição da prefa. ?A que apresentar a melhor proposta e os melhores professores a gente vai escolher?, explica. Não há data pra apresentação das sugestões. A segunda turma deverá iniciar os treinamentos assim que a primeira equipe for formada.

Essa semana Adelcio pretende levantar toda a listagem das empresas interessadas no concurso. O secretário também irá definir como será a segurança do local onde ficarão armazenadas as armas e as munições dos guardinhas.

Adelcio explica que ainda não delimitou os detalhes da formação da equipe, pois não queria botar o cavalo na frente da carroça. ?Estava na dependência da aprovação do projeto?, explica.

A guarda

A guarda municipal será armada e vai ajudar os homi no combate à bandidagem nas ruas do balneário mais badalado do sul do mundo. Não terá poder de polícia pra prender ninguém, mas vai auxiliar nos bizus pelas praças, ruas, praia e nas saídas dos colégios. ?Isso vai dar uma grande tranquilidade pros alunos e pais e liberar a polícia para o combate ao crime?, afirma.

O projeto foi apresentado em abril pelo antigo secretário de segurança e atual vereador, Nilson Probst. Entrou e saiu de pauta na câmara, causou beicinho entre os vereadores e muita polêmica. Só foi aprovado depois de uma audiência pública e com 12 emendas.

  •  

Deixe uma Resposta