• Postado por Tiago

Fernando Souza, que é agente da Codetran há quase um ano, procurou o DIARINHO pra se defender das acusações feitas pelo motorista Juliano Leandro Duarte dos Santos, 30 anos. Com cópias de multas, ele comprovou que caneteou outros abusadinhos em frente ao posto Ipiranga da rua Gil Stein Ferreira, perto do banco Itaú, no centro de Itajaí. “Essa foto veiculada no sábado no jornal, nem foi do dia em que ocorreu a multa do Juliano. Eu desconheço o carro que aparece na foto”, afirma o guardinha, referindo-se à foto que o leitor mandou pro jornal de um carango estacionado em local proibido.

Ao contrário do que foi dito por Juliano, o guardinha garante que ficou por 20 minutos parado ao lado de sua caranga e só caneteou Juliano quando ele apareceu. “Eu sempre procuro orientar e explicar ao motorista o motivo da multa, por isso esperei ele chegar no carro e daí então efetuei a multa”, disse o guardinha, que também negou qualquer camaradagem com a galera do posto Ipiranga.

Antes da matéria ser publicada, o DIARINHO procurou o agente de trânsito Fernando Souza. O chefão da Codetran, José Alvercino, disse na ocasião que o guardinha não tinha autorização para falar com a imprensa sobre assuntos ligados ao órgão.

  •  

Deixe uma Resposta