• Postado por Tiago

Um atraque a uma boca de fumo do bairro São Vicente, em Itajaí, não sairá tão cedo da memória dos milicos. Eles não encontraram nenhuma droga nova, mas viram uma cena de dar dó. Enquanto davam uma geralzona na casa, um dimenor entrou correndo baia adentro, sem conseguir respirar. O guri teve uma crise asmática forte e morreu no hospital.

A ocorrência já era corriqueira: mais uma caça a um traficante, que começou por volta das 14h30 de ontem. Geison Martina, 26 anos, tava andando pela rua Alfredo Kleis, no São Viça, e resolveu fugir quando viu os milicos. Os PMs foram atrás e o pegaram no pátio da casa 440. Na cozinha da baia, os policiais encontraram um cara e duas gurias mexendo num torrão de maconha. O trio também foi algemado.

Os meganhas deram uma geralzona no local e acharam, num buraco feito nos tijolos, um pote com 25 pedras de crack embaladas e prontas à venda. Os fardados seguiam na revirada, até que foram surpreendidos por Alisson, 16 anos, que entrou correndo pela casa.

O guri tava bastante eufórico, alterado e com dificuldade pra respirar. Os meganhas perceberam que ele tava tendo uma crise asmática e os bombeiros foram chamados. O coitado foi levado pro hospital Marieta Konder Bornhausen, onde não resistiu ao ataque e morreu.

Uma vizinha contou que Alisson sempre teve crises asmáticas, mas desde o último domingo elas tavam piorando. Até o fechamento desta edição, o corpo do guri permanecia no hospital e ninguém confirmou a causa da morte. A galera presa na casa foi levada pra 2ª depê, onde irá responder pelo tráfico de drogas.

  •  

Deixe uma Resposta