• Postado por Tiago

p---assassinato-cordeiros-(6)

Execução chocou moradores da rua Telêmaco de Oliveira, no Brejo

Quem matou um guri de aproximadamente 20 anos, na noite de quarta-feira, no loteamento Jardim Esperança, o popular Brejo, em Itajaí, tava com muita raiva dele. Os assassinos meteram 24 tiros no rapaz, e a maioria dos disparos acertou a cabeça e o peito da vítima. O coitado não teve chance de fugir da chuva de balas.

A barbaridade rolou no final da rua vereador Telêmaco de Oliveira. A vítima andava de zica pela rua, por volta das 21h, quando os matadores pintaram num Polo prata. Logo após o serviço feito, os atiradores fugiram pisando fundo no acelerador.

Os vizinhos ouviram a chuvarada de balas e saíram de casa pra ver o que tinha rolado. Encontraram o gurizão caído no chão, no meio de uma poça de sangue, com a cachola arrebentada. Os vermelhinhos foram chamados, mas quando chegaram ao local não tinha o que ser feito. O coitado já tinha encontrando São Pedro.

Após fazer a perícia no local, os peritos da polícia Civil descobriram que a arma usada pelos bandidos foi uma pistola calibre 380. O corpo foi levado pro instituto Médico Legal (IML), onde aguarda reconhecimento, pois a vítima não carregava documentos e a polícia não faz ideia de quem ele é.

Os policiais militares e civis também pintaram na rua Telêmaco de Oliveira pra tentar achar os assassinos, mas não encontraram pistas que possam levar até os autores da barbaridade. Pelo tamanho da crueldade dos matadores, o delegado da central de Operações Policiais (COP) de Itajaí, Rui Garcia dos Santos, acredita que o crime foi uma vingança. ?Recebemos uma denúncia de que foi uma vingança por ele ter matado outra pessoa em dezembro do ano passado?, informou. O dotô não sabe que crime ele teria cometido e não conseguiu descobrir ainda o nome da vítima.

Um fato que chamou a atenção dos policiais é que o guri, além de usar um boné na cabeça, carregava outro na mão. A polícia não sabe se ele surrupiou o boné ou se comprou de alguém. Ele também tava com uma bolsa das lojas Americanas na cintura.

Segundo do ano

Este foi o segundo assassinato de 2010 em Itajaí. A primeira morte violenta rolou às 2h30 do dia da virada. Samuel dos Santos, 17 anos, foi executado com cinco tiros ? três no peito e dois na cabeça ? no meio da rua Imbituba, no bairro Dom Bosco. Por enquanto, a polícia não tem suspeitos pra este crime. A investigação tá com os tiras da COP.

  •  

Deixe uma Resposta