• Postado por Tiago

ABRE-CAPA-s---itajai-handball-cup-quadra-25.01.10

Galera peixeira prestigia jogos do Hand Cup no ginásio Gabriel Colares

O Itajaí Handball Cup teve uma segunda-feira agitada. Faltando dois dias pro término da competição, mais de 30 jogos agitaram a galera nos ginásios e quadras da city. Assim como no findi, as equipes de Itajaí mandaram bem ontem. Na modalidade indoor, de quadra, dois times peixeiros venceram. A AHI/FME fez 14 a 4 na ADHJ, de Jaraguá do Sul, no mirim feminino, e a ADI venceu também o time de Jaraguá, por 13 a 10, no mirim masculino.

Já no beach handball, que rola na praia da Atalaia, um clássico universitário agitou a rodada na categoria juvenil masculino. Vencedor e perdedor foram os mesmos, o DCE da Univali, que fez 2 a 0 no seu outro time. De resto, o dia não foi bom pros peixeiros na praia. No adulto masculino, o time da ADI nem apareceu e levou um W.O. pro Ulbra de Santa Maria/RS. O troco foi dado pelo time da fundação municipal da city, que venceu também por W.O. o time gaúcho. Mais tarde rolaram outros dois jogos, com duas derrotas peixeiras. Na categoria cadete feminino, a AHI levou 2 a 0 do MS Handebol, e no adulto masculino derrota do DCE também por 2 a 0, pro LAU/Unicamp.

Baita exemplo

Ontem também rolaram altas emoções em vários jogos da terceira idade e dos cadeirantes. Na categoria bisas feminino, o clássico entre Itajaí e Navegantes foi vencido pelas véinhas navegantinas, que fizeram 7 a 4 na Aeati. Na sênior masculino, o time peixeiro deu o troco ao vencer a Afadefi, de Balneário Camboriú, por 15 a 7. A equipe de Balneário voltou a perder, de 21 a 7, na cadeirantes livre misto, pro CEA, de Francisco Beltrão/PR. Do

Paraná também disputa a competição a Unipar, de Toledo. Uma das jogadoras é convidada, a chilena Catalina Jimeno, precursora do handebol de cadeirantes no Chile. ?O campeonato tá me parecendo muito bom, porque inclui times da terceira idade e de cadeirantes. No Chile não existe esse tipo de campeonato?, diz ela.

  •  

Deixe uma Resposta