• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---s--Olimpíada-Escolar---Poços-de-Caldas---20-09-2009-premiações-097

Galerinha de 12 a 14 anos ganhou os Jebs e vai pro Equador

O handebol masculino infanto-juvenil de Itajaí é só alegria. Representados pelos garotos do colégio São José, os times de duas categorias se preparam pra brilhar fora do Brasil, nos campeonatos sul-americano e mundial. Campeão dos jogos Escolares Brasileiros (Jebs), que rolaram em setembro, em Poços de Caldas/MG, o time peixeiro da categoria de 12 a 14 anos tá confirmado como representante brazuca no Sul-americano, que rola no Equador, em novembro.

Com o handebol, a delegação brasileira conta com 30 catarinenses e também terá atletas no vôlei masculino, da escola Erwin Prade, de Timbó, além de outros cinco atletas, que vão competir no atletismo e no xadrez. Como falta um mês pra competição no Equador, o time peixeiro vai, praticamente, treinar em quadra, já que tem dois campeonatos pra disputar, a copa Petrobras e o Brasileiro de seleções. ?A gente já tá se preparando. Os pais estão envolvidos com passaporte, vacina… A equipe está se preparando pra conquistar esse título?, diz a técnica Cláudia Monteiro, que aponta Argentina, Equador e Chile, campeão no ano passado, como os principais adversários no Sul-americano.

A outra equipe peixeira, da categoria de 14 a 16 anos, também tem as duas competições pra se preparar pro Mundial escolar, que rola em Portugal, em março do ano que vem. A vaga veio com o título do campeonato Brasileiro Escolar, que rolou neste mês, em Vila Velha/ES.

Enquanto isso, outra equipe do São José busca mais um título brasileiro. A exemplo do time da categoria 12/14 anos, os garotos entre 15 e 17 anos viajam no próximo dia 3 de novembro pra Londrina/PR, onde jogam os Jebs, de 4 a 10 do próximo mês. ?Esperamos trazer o título pro nosso estado. Mas vai ser mais difícil, porque a idade média da nossa equipe é de 16 anos, e o campeonato é de 17 anos?, finaliza a técnica Cláudia.

  •  

Deixe uma Resposta