• Postado por Tiago

CAPA-ABRE-IMG_0609

Abobrões ficaram de olho na ideia da turma da Havan

O prefeito Jandir Bellini (PP) recebeu ontem de manhã a visitinha do diretor-presidente da Havan, Luciano Hang, que anunciou a construção de uma filial da rede de lojas em terras peixeiras. Os planos do empresário são demolir o mostrengo onde um dia seria instalado o Caseca Shopping, às margens da avenida Sete de Setembro, e construir ali sua nova filial, com direito a Estátua da Liberdade de 30 metros de altura e tudo mais.

O grupo Havan comprou o mostrengo depois que o imóvel foi colocado à venda pela dona justa pra quitar as dívidas trabalhistas de Paulo Caseca. O problema é que a empresa Joconte Fomento e Participações alega ser dona do terreno e já procurou a dona justa pra barrar qualquer obra no local. Mas o perrengue judicial não abala o otimismo do mandachuva da Havan. ?Iremos demolir esse esqueleto abandonado para construir uma loja com 500 vagas de estacionamento, playground e cafeteria?, lascou Hang.

O empresário prevê um investimento de 20 milhões de reais pra erguer a loja, que terá 6 mil metros quadrados de área construída e deve gerar pelo menos 200 empregos em terras peixeiras. Durante a reunião em que foi apresentado o projeto do novo empreendimento, o diretor da Havan prometeu que vai inaugurar a loja no dia em que Itajaí completar 150 anos de aniversário, ou seja, 15 de junho do ano que vem.

Recesso atrapalha

O primeiro perrengue que a Havan enfrenta é um mandado de segurança que impede a secretaria de Urbanismo peixeira de emitir um alvará de demolição pra que o monstrengo possa ser colocado no chão. O procurador da prefa, João Paulo Bastos Gama, disse ontem que a procuradoria do município já trampa pra resolver o impasse judicial e deve entrar com recurso no Tribunal de Justiça pra reverter a decisão. ?O problema é que agora, com o recesso forense, isso só vai poder ser feito no ano que vem?, disse o dotô.

  •  

Deixe uma Resposta