• Postado por Tiago

Isaltino Fagundes, 38 anos, foi assassinato com um tirombaço na cabeça, sexta-feira à noite, em Camboriú. O coitado tava num boteco, na rua Daniel Silvério, no Jardim Paraíso, quando foi chamado pelo matador. A vítima foi atingida assim que botou o pé pro lado de fora. O filho de Isaltino, Cleiton Christian Fagundes, 18, que tava por lá, também foi ferido. Ele levou um tiro na perna e outro no ombro, mas conseguiu se livrar da morte.

Os bizolhudos de plantão contaram à polícia que Isaltino foi morto por um homem conhecido como Edinho, que tá desaparecido. O atirador chamou a vítima pra rua e mandou bala, quando o coitado foi atender. Ao ver o pai ferido, Cleiton foi tirar satisfação e levou dois tirombaços. Quando os milicos chegaram ao bareco, não tinha nem rastro do matador.

Isaltino chegou a ser socorrido pelos bombeiros da terrinha, mas morreu ao dar entrada no hospital São Francisco. Cleiton também foi parar na internação do hospital, mas tá fora de perigo.

O assassinato tá sendo investigado pelos homisdalei da delegacia de Camboriú. Os tiras acreditam que o crime foi planejado, já que o bandido foi até o bar e chamou a vítima do lado de fora pra cometer a crueldade.

  •  

Deixe uma Resposta