• Postado por Tiago

Um homem foi encontrado morto com cinco tiros na cabeça em frente ao cemitério do bairro Capoeira, na região continental de Florianópolis, domingo por volta das 23h. Com mais essa morte, subiu para quatro o número de assassinatos registrados em Florianópolis no final de semana.

Os tiras foram chamados pra atender a ocorrência pelos abelhudos de plantão, que ouviram barulho de tiros, mas resolveram ficar com a porta fechada.

Os pipocos rolaram na rua São Cristóvão, sem qualquer chance de defesa para a vítima que ficou estirada no meio da rua. O povão que mora por aquelas bandas disse que o morto era conhecido como Aranha, figurinha manjada por bater ponto nas bocas de crack da região. O corpo foi levado pro Instituto Médico Legal (IML) da capital, onde aguarda identificação na geladeira.

Investigação

As investigações dos assassinatos tão a cargo da equipe da delegacia de homicídios de Florianópolis. O delegado Enio Matos explica que o corpo encontrado enterrado numa cova rasa, no Sertão do Ribeirão, era de um homem, mas ainda não sabem a identidade do coitado.

Já a morte de Marcelo Murilo Elisa Pereira, 31 anos, encontrado sábado numa valeta na via expressa, perto da Vila Aparecida, também tá sem solução.

Ainda no sábado, por volta das 18h, Clayton José Teixeira de Jesus, 25 anos, morreu baleado perto do Motel 2001, em São José.

  •  

Deixe uma Resposta