• Postado por Tiago

A falta de funcionários no sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Balneário Camboriú pode ter feito uma vítima fatal. Alexandre Jung, 43 anos, morreu de infarto depois de ter esperado por uma ambulância que demorou demais pra chegar. “Tenho certeza que isso não aconteceria se eles estivessem com o efetivo completo. De que adianta ter ambulância se não tem gente pra trabalhar?”, questiona Galeno de Castro, 55, que era amigo de Alexandre. A gerência regional de Saúde e a chefia do Samu negam que a morte tenha rolado por causa da falta de gente pra trampar.

Galeno conta que Alexandre era protético, e cuidava bastante de sua saúde. “Na quarta-feira ele surfou a manhã toda, voltou pro prédio onde morava, na subida do Cristo Luz, e se sentiu mal”, lembra. O homem pediu ajuda na portaria do edifício, e a zeladora se encarregou de telefonar pro 192. “O médico que atendeu a ligação disse que a ambulância iria demorar. O Alexandre ainda esperou 20 minutos, então o síndico acabou botando ele no carro e levando pro hospital”, comentou o amigo.

O coitado acabou morrendo a caminho do Santa Inês. “Se ele tivesse sido atendido a tempo, isso não teria acontecido. É lastimável perder um amigo por falta de condições do estado”, acredita Galeno.

Desde o dia 25 de janeiro, o Samu perdeu 11 funcionários, que tavam com o contrato vencido. Acontece que o processo seletivo pra contratação de pessoal, feito pela secretaria de estado da Saúde, ainda não tava concluído, e a equipe ficou desfalcada.

Ontem o chefão do Samu na região, dotô Douglas Falleiros Ortiz, ouviu as gravações do atendimento a Alexandre, e disse que a falta de funcionários não influenciou na qualidade de atendimento. “Tanto que a pessoa que telefonou foi atendida e falou com o médico, que mandou a ambulância”, afirma.

A mandachuva da regional de Saúde, Ana Toth, também acredita que a equipe reduzida não provocou prejuízo. “Não acredito que isso tenha acontecido”, disse. Ela contou que tá transferindo profissionais de outras cidades da Santa & Bela pra darem uma mãozinha nos atendimentos do Samu até que a equipe esteja completa novamente, o que só deve rolar pela metade do mês.

  •  

Deixe uma Resposta