• Postado por Tiago

segunda-da-pagina-11-g---camarão

Fiscais cataram o pescado na Penha

Os pescadores não tavam respeitando o defeso do camarão que acaba dia 31 deste mês, e forçaram o Ibama a montar uma operação chamada Maremoto, pra impedir a captura. Esta semana, os fiscais do órgão ambiental deram duas batidas na Penha e apreenderam uma tonelada e 100 quilos do pescado.

Cinco fiscais bateram em localidades praieiras da capital do marisco, e as duas apreensões rolaram entre o Gravatá e a Prainha de São Miguel. Hélio Elisbão foi pego no flagra no bairro Gravatá enquanto chegava da pescaria. No barco do cara, que não tinha documentação, havia 150 quilos de camarão fresquinhos.

Já Kátia Cilene Ferreira teve um preju bem maior. O Ibama confiscou 900 quilos de camarão sete barbas que tavam sendo manipulados na salga da muié. Além do desrespeito com o período de defeso, a salga também não tinha documentação e foi interditada.

Quem saiu ganhando com a apreensão foram entidades sociais cadastradas no Ibama. Segundo a analista ambiental Ecleacir Nunes, os camarões foram divididos e doados pra Apae de Itajaí e Apae e asilo de Navegantes.

  •  

Deixe uma Resposta