• Postado por Tiago

Ontem, rolou mais apreensão da operação Maremoto, realizada pelo Ibama de Itajaí. Os fiscais guentaram 15 redes fixas de pesca. As armadilhas, que podem capturar qualquer tipo de animal marinho, tavam presas no molhe da praia da Atalaia.

O fiscal Márcio Borgonovo disse que o equipamento de pesca tava colocando em risco a vida dos surfistas que participam do campeonato Oakley Pro Junior. Quando as redes foram retiradas havia uma tartaruga ainda viva presa nelas. O bichinho será encaminhado ao projeto Tamar, em Floripa, que cuida da preservação da espécie.

O fiscal disse que um pescador se identificou como dono do equipamento e foi intimado a comparecer no Ibama, na segunda-feira, pra levar aquela multinha básica.

Na quinta-feira, o Ibama já tinha encontrado uma tartaruga em redes na praia de Armação, na Penha.

  •  

Uma Resposta to “Ibama pega redes de pesca no molhe”

  1. Mariangela Diz:

    Bom seria se a apreensão de redes não fosse só pra inglês ver, ou seja, só pra proteção dos competidores surfistas. Os nossos garotos convivem com as redes há tanto tempo, que nem se lembram mais de alertar pro perigo.
    Dono das redes é conhecido e reincidente. E teimoso. Acabando o campeonato, volta com mais redes e mais mortandade.

Deixe uma Resposta