• Postado por Tiago

thumbphp2A gripe suína ganha força neste inverno e já provoca mudanças até mesmo na Igreja Católica. Alguns padres estão tomando algumas iniciativas pra evitar o contágio entre fiéis. A hóstia não será entregue na boca e sim na mão da pessoa, o Pai-Nosso não deve mais ser rezado de mãos dadas e está suspenso o abraço da paz durante as missas. Estas são algumas atitudes a serem tomadas daqui pra frente.

O bispo da Diocese de Santo André, dom Nelson Westrupp, lembra que, durante a gripe espanhola (1918), o interior de igrejas favoreceu a disseminação do vírus, por facilitar a agloremação de multidões em ambiente fechado. Baseado nisto, dom Nelson pode até mesmo solicitar a suspensão das missas em um limite extremo, caso o quadro se torne insustentável. “Temos que defender o bem maior, que é o dom da vida.”

Apesar do receio de provocar o pânico generalizado, para dom Nelson a preocupação é outra. “Temos de ter simplicidade. Não dá para complicar. É algo maior que está em jogo, por isso a importância das recomendações.”

  •  

Deixe uma Resposta