• Postado por Tiago

INTERNA_10_apresentação-fiesc_divulgação

Estudo foi apresentado pelos bambambãs da Fiesc

Pesquisa da federação das Indútrias de Santa Catarina (Fiesc), divulgada ontem, mostra que em 2010 o número de trabalhadores de médias e grandes indústrias da Santa & Bela diminuiu 4,8% em relação à 2008. O levantamento é o primeiro desde 1998 que apresenta resultado negativo.

Márcia Camilli, coordenadora da unidade de política econômica da Fiesc, explica que o resultado negativo foi verificado porque as indústrias de médio e grande portes estão mais voltadas à exportação e, portanto, mais expostas à crise econômica mundial. ?A redução do emprego na indústria catarinense em 2009 tem forte relação com a queda das exportações, que prejudicaram importantes segmentos da indústria, como as produtoras de frangos e suínos, de motores e de blocos de motores, que tiveram que se adequar a um nível de produção mais baixo?, afirma.

A pesquisa foi realizada em 351 indústrias e indicou que as empresas fecharam o ano passado com 10,9 mil empregos a menos. As áreas mais afetadas foram de alimentos e bebidas (menos 3.492 trampos), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (menos 1.915) e veículos automotores (menos 1.658). Só em dezembro as médias e grandes indústrias demitiram 1% dos funcionários. Mas o resultado, diz Márcia, já era esperado com a diminuição do ritmo de trabalho no final de ano.

Os segmentos que tiveram crescimento na contratação de funcionários foram de artigos de borracharia e plástico (mais 370), produtos cerâmicos (mais 312) e produtos têxteis (mais 155).

  •  

Deixe uma Resposta