• Postado por Tiago

Pela primeira vez no ano, os industriais catarinenses dizem que acreditam no crescimento do setor. O índice de confiança da indústria (ICI) catarinense, medido pelos técnicos da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), cresceu 7,1 ponto percentual em julho, passando de 47,3 para 54,4. É a primeira vez, desde outubro do ano passado, que os engravatados catarinas botam fé na economia do estado.

Glauco José Côrte, presidente em exercício da FIESC, diz que o otimismo está ligado diretamente à melhoria do desempenho na produção. Mesmo assim, ressalta que a crise ainda é um fantasma que assombra a indústria catarinense. “Apesar da melhora, a economia ainda passa por um período difícil devido à retração no consumo e à dificuldade de acesso ao crédito, particularmente para as pequenas e médias empresas”, avalia.

O ICI é medido a cada três meses. O último levantamento foi feito com representantes de 117 empresas de pequeno, médio e grande porte. Quando o resultado dá acima de 50 pontos, os industriais estão confiantes. Quando é menor, é que tá todo mundo encagaçado com os rumos da economia.

  •  

Deixe uma Resposta