• Postado por Tiago

O secretário de obras de Balneário Camboriú, Valmir Pereira, 46 anos, teve um piripaque ontem à tarde. Ele sofreu um infarto a caminho do trampo e precisou ser internado às pressas no hospital do Coração. O abobrão passou por um cateterismo e até o fechamento desta edição permanecia na unidade de terapia intensiva (UTI), sedado. O hospital informou que o quadro de saúde dele é estável.

Valmir tava em seu carro, indo pra secretaria de obras, quando teve um mal-estar. Desconfiado de que pudesse ser algo mais sério, ele procurou o filho, que o levou até o hospital.

Assim que chegou, o secretário foi examinado e precisou passar por um cateterismo, um exame que serve pra descobrir se as veias do coração tão entupidas, e ajudar a desobstruir a passagem de sangue. Logo após o procedimento médico, Valmir foi levado pra UTI e não pôde receber visitas.

O pessoal do hospital do Coração não quis informar se o abobrão tá em estado grave, só disseram que o quadro dele é estável. De acordo com a assessoria de imprensa da prefa, o secretário, que é um cara jovem, nunca tinha apresentado problemas de coração.

Chama a benzedeira

Valmir é o segundo integrante do governo de Edson Periquito (PMDB) a ir parar no hospital por conta de um piripaque. A ziquizira começou pelo próprio prefeito, que infartou em novembro do ano passado, em uma viagem a Brasília.

Desde então, Periquito é refém do coração. Com seis meses à frente da cadeira mais estofada do paço da rua Dinamarca, ele já contabilizou dois afastamentos por motivo de saúde. O último, em fevereiro, durou 15 dias, tempo que o prefeito teria usado pra um tratamento. Na época, ele não quis revelar onde nem o que iria tratar.

  •  

Deixe uma Resposta