• Postado por Tiago

Inter de Milão e Barcelona entraram numa fria ontem, pela liga dos Campeões da Europa. A diferença foi que o time italiano comemorou a vitória na gelada Ucrânia e os espanhóis ficaram no empate na congelante Rússia.

Em solo ucraniano, o frio era de 0ºC, mas a Inter esquentou o jogo no fim, venceu o Dínamo de Kiev por 2 a 1, com direito a virada heroica, e ainda assumiu a liderança do grupo F da liga, com seis pontos. O time de Kiev vencia até os 40 do segundo tempo, com um gol de Shevchenko na etapa inicial. Mas Milito e Sneijder deram a primeira vitória na competição à equipe do técnico José Mourinho.

Os donos da casa fizeram 1 a 0 com Shevchenko, aos 20 do primeiro tempo. O ex-jogador do Milan arriscou de fora da área, a bola desviou em Cambiasso e encobriu o goleiro Julio César.

O Inter jogava mal e só começou a pressionar a partir dos 25 da etapa final. Aos 40, Milito recebeu de Sneijder e, na marca do pênalti, bateu sem defesa pro goleiro Bogush. Quatro minutos depois, Muntari chutou de longe, Bogush falhou e deixou a bola passar por baixo do corpo. Milito, impedido, chutou quase em cima da linha, mas o goleiro espalmou. Sneijder aproveitou o segundo rebote e marcou.

Ainda mais frio

Na Rússia, o frio de -4ºC e a forte marcação dos donos da casa não deixaram o Barcelona “se vingar” do Rubin Kazan, que venceu os espanhóis na última rodada. Ontem, os catalães criaram chances de gols, pressionaram, mas não saíram de um decepcionante empate por 0 a 0, no lotado estádio Centralnyi.

O resultado, no entanto, não é catastrófico pro Barça, que perdeu a liderança pra Inter, mas enfrenta os italianos no Camp Nou na próxima rodada. A equipe do técnico Pep Guardiola soma os mesmos cinco pontos que os russos, mas estão à frente no saldo de gols. O Dínamo de Kiev é o lanterna, com quatro.

  •  

Deixe uma Resposta