• Postado por Tiago

O preço da comida, principalmente os alimentos in natura, fez a inflação subir na semana passada. Pelo índice de Preços ao Consumidor Semana (IPC-S), medido pela fundação Getúlio Vargas, a inflação cresceu 0,22%.

A batata inglesa (27,19%), o tomate (10,64%) e a cebola (13,33%) foram os vilões do grupo de alimentos in natura, que ajudaram a acordar o dragão da inflação. O grupo alimentação, incluindo grãos, farinhas e industrializados, registrou alta semanal de 0,13%.

Roupa (0,82%), condomínio residencial (0,96%), álcool combustível (5,42%) e educação, leitura e recreação (0,33%) também ajudaram a empurrar pra cima os preços gerais.

O que salvou o IPC-S de virar um monstro assustador foi o leite longa vida (-7,78%), a manga (-30,29%), o pimentão (-8,37%), o peixe (-13,36%) e a carne moída (-2,56%).

  •  

Deixe uma Resposta