• Postado por Tiago

O governo não vai prorrogar o desconto no imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os bens de capital, como máquinas e equipamentos. Miguel Jorge, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, revelou ontem que o governo não tem qualquer tipo de estudo pra ver se vale a pena prorrogar o IPI para o setor.

O IPI reduzido para bens de capital começou a valer no dia 29 de julho deste ano e o prazo pra terminar é 31 de dezembro. A alíquota foi reduzida de 10,25% para 4,5%. O ministro fez a revelação durante a 8ª edição do Congresso da Construção (Construbusiness), em São Paulo.

Durante o Congresso

No Construbusiness, Henrique Meirelles, presidente do Banco Central (BC), também andou dando seus pitafos. Para ele a estabilização econômica do país está relacionada aos investimentos na área social. “A estabilidade econômica tem aspectos tangíveis para a população em termos de geração de empregos e de programas sociais”, diz. O presidente do BC ressaltou que, entre 2003 e 2008, 25,9 milhões de pessoas passaram para a classe média e 19,4 milhões saíram da baixa renda.

  •  

Deixe uma Resposta