• Postado por Tiago

Começou ontem e vai até o dia 20 de fevereiro o prazo pra quem quer pedinchar pra prefeitura uma bolsa de estudos pra faculdades instaladas em Itajaí. Quem quiser estudar em outra cidade com uma ajudinha da prefa peixeira, o prazo começa a correr a partir do dia 1° de fevereiro e também vai até o dia 20. O arrego da bolsa é previsto na lei orgânica municipal, uma espécie de constituição da cidade.

A prefeitura destinou pra este semestre R$ 100 mil do orçamento público pra bolsa de estudos, informa Fernando Martins Pegorini, diretor de assuntos da juventude da secretaria da Criança, do Adolescente e da Juventude (Secaj) e presidente da comissão que avalia a liberação da ajudinha. No ano passado, diz Fernando, aproximadamente 500 pessoas ganharam o arrego. Pro primeiro semestre deste ano mais de 200 pessoas devem ser beneficiadas.

Como pedir a bolsa de estudos

Pra requerer a bolsa de estudos da lei orgânica a pessoa tem que morar em Itajaí e não ter renda familiar superior a seis salários mínimos. Precisa estar matriculado na Univali, no Ifes ou em alguma facul que fique em cidades distantes até 60 quilômetros de Itajaí.

Nos casos de faculdades de fora, o curso não pode ser em Itajaí, senão não consegue a bolsa. Não rola grana pra quem faz educação à distância. Também não pode estar recebendo outro tipo de ajuda oficial pra pagar a mensalidade.

A primeira coisa a fazer é entrar no saite da prefeitura. Lá tem um link da bolsa da lei orgânica. Baixe o arquivo da ficha socioeconômica. Através dela tem que informar quantas pessoas têm na casa, quanto a família ganha ao todo e quais são as principais despesas. Depois é preciso levar a ficha até à Secaj, junto com uma penca de documentos. “A ficha e a documentação serão analisadas por três assistentes sociais efetivas e depois, se tudo estiver certo, serão encaminhadas para a comissão de avaliação”, explica Fernando.

São os membros dessa comissão, formada por representantes da prefeitura, das faculdades de Itajaí, por vereadores e estudantes, quem decidem sobre quanto cada um vai de ganhar de bolsa. “O resultado sai geralmente depois de duas semanas do final da inscrição”, completa Fernando.

O presidente da comissão explica que se a renda por cabeça na família for de até de dois salários mínimos, a ajuda pode chegar a 35%. Se for de dois a três salários, é de 25%. Pra quem tem renda média por pessoa na família acima de três salários mínimos, vai pra 15%. Fernando informa ainda que a comissão usará o salário mínimo nacional, que é de R$ 510, como referência pros cálculos.

Pra você se achar

Secretaria da Criança, do Adolescente e da Juventude Fica na rua Alfredo Trompowski, 601, na Vila Operária. O telefone é 3248-9483

Saite da prefa

www.itajai.sc.gov.br

Lista dos documentos pra pedir o arrego da bolsa

Cópia da carteira de identidade, título de eleitor e CPF; comprovante de residência com o nome do responsável da família (se for casa de aluguel, tem que ir junto o contrato ou uma declaração do dono do imóvel); comprovante de matrícula, fotocópia do boleto de mensalidade ou declaração da faculdade informando o valor da mensalidade; comprovante ou declaração de renda familiar; declaração de dependentes da renda familiar, constando o CPF e a data de nascimento de todos os dependentes; comprovante de despesas com saúde, educação, transporte coletivo ou escolar, água, luz, telefone, IPTU, aluguel, financiamento de automóveis, motos e imóveis; e carteira de trabalho pra quem tá desempregado.

  •  

Deixe uma Resposta