• 18 jul 2009
  • Postado por Tiago

Ver de pertinho

O ex-homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini (PP), esteve na manhã de ontem na invasão da rua Otto Hoier, no bairro Cidade Nova. O alcaide viu de pertinho a vida subumana em que vivem mais de 70 famílias. A maioria em barracos. Na última enchente a água atingiu de dois a três metros e a cada maré alta a água podre do Itajaí-Mirim invade as casinhas.

Chamar o MP

JB, sensibilizado, pretende chamar o ministério público para o problema para que seja possibilitado que aquelas pessoas tenham um mínimo de dignidade. Ou seja, a possibilidade de que as casas daquela gente sofrida possam contar com a instalação de água e luz.

O mínimo do mínimo

Afinal, é público e notório que a prefa não tem condições de dar uma casa para aquelas famílias. O que deve acontecer futuramente. Pelo menos é o que se espera. Que sejam implementados programas habitacionais. O que é necessário é que estas pessoas, mulheres e, principalmente, crianças, vivam com dignidade.

Freirinhas de novo?

Interessante este desejo que as irmãzinhas que tocam o hospital Marieta, em Itajaí, venham a comandar o hospital Ruth Cardoso na Maravilha do Atlântico. Segundo release da assessoria do atucanado vice-governador, Leonel Pavan (PSDB), os olhinhos das irmãs brilharam…

Nós queremos

O que basta para dizer que as irmãs ficaram doidinhas para botar a mão no nosocômio de Balneário Camboriú, alegando que o Instituto das Pequenas Missionárias Maria Imaculada, fundado há 77 anos, administra o Marieta desde 1985 e mais seis Brasil afora.

Porque o interesse?

Fico coçando a cachola e preocupado com o súbito interesse. Logicamente que as irmãs desejam apenas ajudar a resolver o problema do hospital que tá lá, prontinho, tinindo de novo e não tem quem pegue o pião na unha e o coloque no prumo para atender a população.

Não interessa o sacrifício

Fico pensando, afinal, não interessa o trabalho, o sacrifício e o suor que será dado pelas freiras, já que não se pensa em lucro, não se almeja cifrões. O desejo maior é atender ao povão que necessita de mais um hospital.

Avançar de todos os lados

Para tanto, parlamentares de situação e oposição da câmara balnear já andaram batendo um lero de pertinho para tentar chegar num consenso entre a prefa, a entidade, a presidente da WFO, a enrolada, ops (!), Deisi Kusztra, no dia de ontem.

Enquanto isso…

Na última sessão do ex-aquário peixeiro o vereador do PMDB (a mesma sigla do prefeito Edson Periquito), o bigodudo Laudelino Lamim, disparava da tribuna que médicos do hospital Marieta estariam cobrando por materiais usados durante cirurgias realizadas através do SUS (credo!).

Sherlock bigodudo?

Lamim lascou da tribuna que não poderia citar o nome do médico, porque uma senhora iria ser operada e “sabe lá o que esse danado pode fazer ao saber que vou denunciá-lo”, debulhou. Mas eu tenho equipamentos para pegá-los, avisou o parlamentar do Manda-Brasa.

Deu na espinha

O presidente do PT de Itajaí, Felipe Damo, ficou fulo da vida com declarações do deputado Paulinho Bornhausen (DEM) à imprensa de que o governo federal faz corpo mole porque a cidade não é mais administrada pelo PT. “Isso é molecagem”, detona Damo.

Tirar o time

O vermelhinho alembra que em todas as vezes que o PT foi solicitado pelo ex-homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini, pra ajudar, ir à Brasília, fazer contatos, o partido foi solícito. “Se estamos atrapalhando, tudo bem, vamos tirar o time de campo”, ameaça Damo.

Quase um milhão

O todo poderoso tucano Rogério Benitz, economista do BRDE, emprestado pelo banco à prefa a pedido do prefeito Jandir Bellini, ganha hoje R$ 15.500 pagos um mês sim e outro também, pelo município. É o salário que ele percebia no BRDE pago pela viúva municipal e mais a gratificação do cargo de abobrão

Vai ou racha

O que equivale a dizer que se ficar quatro anos no cargo, o município vai pagar R$ 744 mil, com as diárias pra viagem e o alho, corre o risco de ser um dos homens de um milhão de reais do JB. Aliás, o oficial de justiça finalmente encontrou Benitz e o notificou para botar abaixo a construção em cima da rua na praia Brava.

No campo santo

O administrador do cemitério de Espinheiros, o Carlão, reconhece que reside na casa ao lado do campo santo com a anuência do poder público. Contudo, ressalta que seu salário é de R$ 960 líquidos, que o trabalho lá não tem hora e que desde que começou a trampar no local deu uma baita garibada na área.

Frango longe…

O vereador Nikolas Reis (PT) tá esquentando a cachola com a notícia que lhe foi estrebuchado pelo seu ‘companheiro’ de sigla, o deputado Pedro Uczai (PT), de que a almejada ferrovia do frango, que ligaria Chapecó a Itajaí, por decisão do Deinfra, pode ficar no caminho.

pedinchou

Até o atual prefeito Jandir Bellini, que quando tava na Leleia foi devagar quase parando, se mostrou preocupado com a situação da ferrovia do frango e entrou com uma indicação em 2007 para que fosse viabilizada. A verdade é que essa é uma novela que tem mais de 10 anos…

Relevância em relevância…

Engraçado. Na edição 750 do Jornal do Município tem uma portaria concedendo gratificação de relevância para um contador e uma terapeuta ocupacional. O que vai elevar os ganhos lá pra cima de apenas dois abençoados.

Nem te ligo

O problema é que a Lei Complementar número 130, que dispõe sobre os cargos e salários dos barnabés do poder municipal e que prevê o enquadramento e estabelece os novos vencimentos, fica empurrada pra escanteio.

Gororoba do JC

Quem quer dar uma chegadinha na Gororoba do JC, que acontece no próximo sábado, não pode perder tempo. Hoje e amanhã (pela manhã), é possível adquirir a camiseta pela roubalheira de 35 mangos na Choupana do JC, na rua Francisco de Paula Seára, 192, Dom Bosco. Mais informações no fone 8842.9084

Serra aqui

O governador de Sampa, o tucano José Serra, chega na segunda em Santa Catarina. O Serra vem prestigiar a noite de gala do festival de Dança de Joinville. Quem convidou foi o governador bigodudo LHS. O vice-governador Pavan e uma comitiva de puxas emplumados vão esperar o presidencial do PSDB no aeroporto.

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta