• 29 jul 2009
  • Postado por Tiago

Provesi brizolista?

Um passarinho assoviou aos sensíveis ouvidos deste articulista que as conversas entre o PDT e o reitor da Univali, José Roberto Provesi, estão bem avançadas. O projeto político envolve uma empolgante galera de Itajaí, região e boa parte do litoral centro norte da Santa & Bela Catarina.

Abonar a ficha

Os mais afoitos garantem que para a filiação do reitor Provesi, figuras de expressão estadual e nacional estariam se mobilizando para vir a Itajaí para consagrar a sua pré-candidatura a deputado federal.

Manoel falou

Vários políticos que se acotovelaram na Gororoba do JC escutaram o presidente estadual do PDT, Manoel Dias, dizer que Provesi terá o apoio incondicional dele e do partido para uma candidatura à câmara federal.

Lá na frente…

E, além do apoio para a disputa, o projeto político que está sendo oferecido ao reitor da Univali avança para 2012. Ou seja, visa a ocupação do paço da Vila Operária. Hummm…

Agradam o PT?

Neste cenário que vem sendo desenhado pelo PDT, com a possível chegada de Provesi, as hostes dos seguidores dos preceitos brizolistas, há uma sinalização de que tal situação agradaria ao PT do barbudinho Volnei Morastoni (PT), entre outras siglas.

Afastar de vez?

Com a entrada de Provesi e seu imenso potencial, quem pode ter seu projeto político afetado em Itajaí e região é o deputado Paulinho Bornhausen. E agora?

Vem, vem, vem…

Por outro lado, o ex-homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini, tem sonhado com os dois zoinhos bem abertos com a presença de Provesi no seio dos progressistas.

Venhaaaaa!!!

E este sonho, também, é acalentado pelas lideranças estaduais. O presidente estadual, deputado Joares Ponticelli, já bateu um lero e quer a entrada do professor na sigla.

Bigodudo barrando?

A única resistência para que este sonho do PP e cia se realize se chama Amílcar Gazaniga. O ex-prefeito bigodudo está focado na campanha de Paulinho Bornhausen.

Mandou avisar

Aliás, a artilharia parece que tá se focando no lombo do deputado federal Democrata. O vereador Níkolas Reis (PT) se avistou com o secretário para assuntos legislativos, Rogério Ribas (PP), e mandou avisar pro Bellini mandar o Paulinho pra casa…

Por trás, a Ideli

Por trás do ‘menino de ouro do PT’, estaria a senadora Ideli Salvatti (PT), que teria dito na Gororoba do JC que se Paulinho continuar com a sua incontinência verbal o caldo vai engrossar e muito. Eita coisa danada essa política!

Aonde era

Na antiga casa do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto Filho, será erguido um conjunto com 190 apartamentos. A única condição é que se controle a poluição gerada pela fábrica de papel.

Famai em cima

A Fundação de Meio Ambiente de Itajaí tá mandando ver, sob o comando do cabeça branca Nilton Dauer. Estes dias por causa da poluição, a fábrica de papel ficou quatro dias fechada. E este ano já foram feitos 648 procedimentos, contra 198 de todo o ano passado. É coisa!

Viajando, pescando, curtindo…

Enquanto a cidade se ferra com a situação do Porto de Itajaí, muitos dos nossos amados heróis, as excelências excelentíssimas da cidade estão curtindo o recesso. Viajando, curtindo. Pô, tem que dar uma descansadinha, né, não?

Chorando o quê?

Vergonhosa essa situação do Porto de Itajaí, que vive chorando pitangas e mandou retirar processo que garantiria o ressarcimento de mais de R$ 4 milhões. O que tem por trás dessa decisão, tão esdrúxula e descabida?

Cidade grande

Outro dia o Miro Souza, que é desenhista e professor, foi vítima de uma bala perdida no São Viça. Tava no lugar errado, na hora errada. Já na segunda-feira, em pleno centrão, uma muié levou uma bala perdida. Coisa de cidade grande?

O que que tá acontecendo?

Tão pipocando denúncias de que andam sacrificando cachorros no canil municipal. Acho que tá na hora de haver mudanças. Quando a coisa começa a vazar é porque a coisa não vai bem.

Se mexer

Tá na hora do Roberto Pereira, da Associação de Proteção aos Animais de Itajaí, se mexer e a prefa, através da secretaria de saúde, fazer algo. Onde tem fumaça, geralmente tem fogo… Ou não?

Uma coisa é uma coisa e outra…

O não mover de uma palha para acertar com os padres do Parque Dom Bosco, o terreno que foi comprado pelo município, repercutiu muito mal. Nem grana e muito menos obras. O chororó é que não tem grana. Mas como contrataram uma empreiteira atrás da outra e sem licitação? Ah, é outra história…

É refresco?

Tão querendo cagar na cabeça do povo de Itajaí levando a estrutura do IML embora. Itajaí, uma potência na região, agora tá em segundo plano. E como não temos representatividade, os abobrões decidem lá e nós aqui temos que baixar a cabeça e aceitar com passividade. Até quando?

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta