• 01 set 2009
  • Postado por Tiago

Deu com os dois pés

O presidente do PT de Itajaí e assessor da senadora Ideli Salvatti, Felipe Damo, ao fazer um comentário no Blog Fala Itajaí, deu com os dois pés. Felipe diz que falavam que o Volnei só trazia estrangeiro, “mas agora defendem um candidato filho de papai de Florianópolis” Eita coisa!

Não magoa

Outra que foi lembrada pelo vermelhinho Felipe é a toda poderosa Rosalir Demboski: “Sem falar que trouxeram a Rosalir Demboski, que se tu soltar ali na Madevila ou no Beco do Anão, se perde e nunca mais chega em casa…” Oh, vida! Oh, dor!

Pau no lombo

Outro questionamento de Damo é sobre a questão do ‘governo técnico’: “Alguém me explique o que a Neusa Giraldi entende de Habitação, o que Jailson entende de obras e que o Artur tem e ver com a zona rural?”, prigunta. “Sou amigo dos três, não duvido da capacidade, mas não dá para tapar o sol com a peneira…” E agora?

Roubaram antes

O prefeito Bob Carlos (PSDB), do outro lado da vala, em Navegantes, diz que é sacanagem da oposição (PMDB ou PT?) essa história do cavalo do Evaldo. “Só se roubaram antes de eu assumir”, detona o emplumado Bob.

Casa do Chapéu!

Bob debulha o porrete na questão do porto e afirma que é necessário se ‘valorizar a mão de obra portuária’. E que se tem algum empreendimento multinacional que só vem para levar “eles que vão para casa do chapéu”, dispara o bicudo. “O porto de Itajaí cumpre uma função social importantíssima”, afirma sem meias palavras.

Opinião de lá e aqui?

O prefeito emplumado diz que é necessário pensar no seu município, mas não se pode esquecer de toda a região. Ou seja, demonstra que tem opinião sobre o importante tema. Já do lado de cá do valão não se sabe o que pensa o homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini (PP). Infelizmente…

Não tá fácil

A situação não anda fácil. O PPS, por exemplo, tá sem presidente, já que o Nelinho pediu seu afastamento. Ainda tem a história de peemedebistas contrários ao acasalamento com o governo JB, querendo entrar ‘por cima’. “É flórida!”, diria a madre superiora.

Briga de cachorro grande

Outra briga que promete é entre os petistas: o vereador Níkolas Reis e o deputado federal Décio Lima. O ex-prefeito barbudinho Volnei Morastoni anda agarrado com Lima e o Níkolas foi praticamente ‘adotado’ pela senadora e virtual pré-candidata ao governo do estado em 2010.

Porteira fechada…

Um dos grandes medos dos alcaides que já passaram pelo paço peixeiro é que as secretarias se tornassem porteira fechada. Ou seja, fossem ocupadas de cabo a rabo por uma única sigla. É o que pode acontecer com a Habitação. Onde os peemedebistas prometem chegar em pencas.

É vez da muié na política?

O que será que diria a vice-prefeita Dalva Rhenius (DEM) ou a vereadora Susi Bellini (PP) ao ver o desembarque de um monte de filhas dos véiões – ou seriam históricos – do Manda-Brasa. É a vez da mulher? Línguas afrouxadas alardeiam que tem até filha de presidente… Eu, hein!? Gente fofoqueira!

Sem mando…

O poder de fogo e de mando do médico e presidente do PSDB peixeiro, parece estar quase se apagando. Na vinda do poderoso reitor José Provesi para o ninho tucano, Deodato não teria nem sido ouvido pelos atucanado presidente estadual da sigla, o vice-governador Leonel Pavan (PSDB). Oh, tristeza!

Mixaria? Não quero!

Uma ex-candidata à vereadora disparou pelos corredores palacianos que não aceitou um cargo na Habitação peixeira porque não quer ganhar a mixaria de mil e novecentos reais. Phode?!

Sei lá

O deputado Décio Lima se livrou de ter que puxar pelo bolso e pagar uma multa de R$ 4 mil quando disputou a prefa de Blumenau, em 2008. Tudo por conta de uma propaganda sua afixada na barraca do então candidato a vereador Jefferson Forrest (PT). Décio comprovou que não sabia e sobrou apenas para o Forrest.

Nem te ligo

O contrato de concessão 183/2006, assinado entre o município e a empresa Coletivo Itajaí, no dia 26 de maio de 2006 e que vai até 25 de maio de 2021, prevê um monte de obrigações por parte da empresa dos busões. A construção de três terminais urbanos de integração (Contorno Sul, Cordeiros e Fazenda).

Terminal internacional?

Além de consolidar o terminal urbano do São Vicente no Terri. É claro que o município tinha e ainda tem a obrigação da liberação dos terrenos para a edificação dos terminais. O Volnei não fez e o Jandir também não se coça. Tudo com prazo. Só que ninguém respeita. Ninguém liga e fica tudo na mesma.

Crescer com a cidade

O vereador Laudelino Lamim (PMDB) tinha pego o pião à unha e estava ou está fazendo um abaixo assinado alegando que os serviços do transporte coletivo não são condizentes. Mas não se escutou mais nadica de nada. Não quero fazer demagogia, mas a verdade é que nossas amadas otoridades palacianas não andam de busão.

Uma viagem…

Nossas excelências excelentíssimas não adentram nos busos da Coletivo Itajaí. Não ficam mais de uma hora e meia circulando pela zona rural – do Brilhante ao Campeche – quando têm que se deslocar de suas casas até o centro de Itajaí. Então pra que ligar? Ah, no tempo da eleição, tudo bem. Agora, não!

Agora…

Tem que dar a mão à palmatória. O ex-prefeito barbudinho era birrento. Muitas vezes um chato de galocha, mas no processo de concessão sinalizou benefícios. E o JB nos seus oito anos? E agora? Peitou o aumento do Sérgio Rizzi e depois ficou por isso mesmo.

Sai da frente!

Ontem, derrubaram mais uma árvore lá na Feapi/Secretaria da Pesca, com autorização da Famai. O assassinato da bendita teria se dado por conta da uma motorista barbeira que teria acertado a árvore. O Felipe Damo diz que o PT vai começar a cadastrar todas as árvores derrubadas pelo governo Bellini.

Cobrar dos verdolengos

Felipe Damo diz que depois de juntar tudo vai entregar para o barrigudo intisicado (expressões por conta deste socadinho escriba) do João Martins que, segundo Damo “está oito meses viajando fora de Itajaí…” Que coisa!

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta