• 04 set 2009
  • Postado por Tiago

Benedet o enrolador

Não se estranha mais nada no descaso com relação à segurança pública em Itajaí e região. A capa do nosso DIARINHO de todos os dias mostrou ontem a enrolação da secretaria da (in) segurança estadual, comandada pelo careca Ronaldo Benedet (PMDB). Obra do presídio parada e cadeada! Para, né!

Embromação geral

O que dizer, então, do descaso com as crianças, adolescentes e mulheres? Os sacrossantos alugaram uma casa na rua Brusque, quase em frente da distribuidora Müller, pra transferir do 1º distrito a delegacia de proteção à criança, ao adolescente e à mulher e estão na maior enrolação do sul do mundo.

Dinheiro jogado fora

O absurdo, o descalabro, a estupidez é que a baiuca está alugada faz três meses. Uns iluminados já vieram uma porrada de vezes pra medir e bizolhar e nada de nada. São quatro mil reais por mês. Ou seja, já jogaram pela janela 12 paus! Uma vergonheira sem fim, né seu Benedet?!

História em lixão

Demoliram há um tempo a casa do ex-prefeito Lito Seara. Colocaram abaixo num fim de semana numa rapidez danada. E, agora, o local se transformou num baita lixão. E o pior: na avenida José Eugênio Müller, em frente a uma escola. Avenida esta que vai dar na prefa de Itajaí. E ninguém liga. Que exemplo…

Melhorou um monte

Nos dois dias em que a delegacia de trânsito passou para o Codetran o serviço melhorou pacas. Neste período, foram atendidas quase 200 pessoas e o tempo para atender uma ocorrência vai de 10 a no máximo 20 minutos. Ah, se esse governo tivesse mais Zé Bellinis

Uma coisa é…

Ninguém entende o Bob Carlos (PSDB), prefeito de Navega-City, do outro lado da vala. Agora, embirrou que não paga dois meses que deve para o Semasa porque alega que Itajaí lhe deve a mesma quantia (em torno de R$ 600 mil) de ISS dos molhes. Ora, uma coisa é uma coisa e outra é outra…

Vai pra Justa

O que aconteceu é que a Construtora Ivai, do consórcio que deu uma mexida no Molhe de Navegantes, estrebuchou indevidamente o ISS em Itajaí. O que Bob teria que fazer é acionar a empresa que teria que pagar a grana e por sua vez acionaria a prefa de Itajaí pra receber de vorta. Só isso.

Irresponsável

O que não pode é misturar as coisas. Simplesmente se apropriar da grana paga pelos navegantinos e não pagar o Semasa. Isso seria apropriação indébita. E se a água de Navegantes fosse cortada? Bob iria levar milhares de processos no lombo do pessoal que pagou e teve seu fornecimento suspenso.

E…

…para finalizar: O Semasa, para este que é burrinho, burrinho é uma autarquia, com autonomia própria. Não se pode misturar. Não sei quem orienta o prefeito. Terá sido o mesmo que o atiçou a fazer um decreto para cancelar uma lei? Uma afronta ao ordenamento jurídico. O que a gente fica pensando é o por quê?

Cadê o sal da sopa?

Um dos papos que rolam em Brasília é o porquê da Santa&Bela não estar brigando pelo nosso petróleo. Há trocentos anos fizeram um mapa fajuto e o Paraná engoliu o nosso ouro líquido. E, até hoje, eles se fartam, dando risada. E não se resolve. Agora, quando se sabe que a maior parte do pré-sal tá aqui…

Pé na bunda

Nos últimos tempos, o Teconvi já botou no olho da amargura uns 110 trabalhadores. Se não fosse trágico e doloroso seria hilário. Afinal, entra a tecnologia com investimento em guindaste milionário e os empregados são enxotados gate afora. Um descalabro!

Leis pra nada

O Maurílio Moraes (PDT) emplacou uma lei para que as baiucas daqui pra frente sejam construídas 60 centímetros acima do leito da via. Achei que era bom, mas é uma lei ordinária que não pode mudar uma lei complementar. Vale lembrar que, em alguns locais, entra um metro de água dentro de casa… É água!

Outras pasmaceiras

Isso me lembra a lei do pão com manteiga do Mauro Machado (DEM), que era para ser colocada em prática para o trabalhador que chega cedo no trampo. Outra lei foi a das placas nas zicas, do Paulo Cruz (ex-PSDB, que voltou?). E tem a da Sônia dos Bairros, que era o tal de fraldão para colocar nos cavalos…

Portas dos dois lados

O fraldão da Sônia era para evitar que os equinos cagassem a cidade toda. E uma que merece o troféu latão de ouro é o do então vereador Marcos Molleri para que os busos tivessem portas dos dois lados. Se eu contar mais vou acabar me c… de tanto rir… Pior é que os caras ainda ganham pra isso. Oh, dor!

Juventude Progressista

A Convenção Estadual da Juventude Progressista (PP) de Santa Catarina acontece dia 19 deste mês em Herval do Oeste, sendo que os principais candidatos à presidência é o presidente da juventude peixeira e diretor de assuntos da Juventude da prefa de Itajaí, Fernando Pegorini.

De lá ou de cá

Já o outro postulante é o atual vice-presidente da Juventude Progressista da galega Blumenau, Denílson Padilha. A disputa tá acirrada e segundo as línguas afrouxadas, independente de quem levar, a juventude do PP vai estar pra lá de bem representada.

Centro regional

O Roberto Justus da SDR, ops!, secretário regional, Gilberto Gadotti tem analisado a possibilidade de permutar o prédio da secretaria com a prefa e conseguir um bom terreno para edificar um centro regional que abrigaria além da SDR, o Hemosc, IML, Cidasc, Epagri e Fazenda, entre outros órgãos. Interessante…

Torrar tudo

O antigo prédio que cai aos pedaços, próximo à 1º DP de Itajaí, que pertence ao IPREV, deve ser colocado à venda. Pensou-se em colocar o Hemosc ali, só que a reforma custaria R$ 400 mil e o Instituto de Previdência e os abençoados querem um aluguel bem salgadinho. É por isso que querem passar nos cobres.

Mamaco secreto?

Os linguarudos de plantão alardeiam que o servidor da casa do povo dengo-dengo, o ex-vereador Mamaco (PMDB), teria sido nomeado pelo Hugo Chavez, ops, Cidinho (PMDB), para ser assessor especial da presidência, ganhando R$ 2 mil, um mês sim e outro também, numa espécie de ato secreto. Será que será?

  •  
  • Categorias: JC

Uma Resposta to “Jc”

  1. osni Diz:

    Para mim, morador de Navegantes há 7 anos, mas conhecedor/frequentador há mais de 40 anos, as intenções do atual prefeito estavam escancaradas desde o momento em que desembarcou do PMDB – onde se criou – e se bandeou para o PSDB. Sentiu que, apesar de vereador mais votado na eleição anterior e de ter ocupado a Secretaria de Educação da administração Aderbal/Ci, não seria indicado candidato a prefeito, já que Ci teria a preferência, embarcou na legenda que havia tentado desesperadamente chegar ao poder nas eleições anteriores (com Nardelli) e, crente na popularidade conquistada (vereador mais votado), mais o apoio de empresários – até alguns que agora estão sendo alvos de seus decretos -, conseguiu chegar lá. Uma vez no trono, passou a ignorar ‘olimpicamente’ seu novo ninho (tucano) e atualmente está em rota de colisão com Deus e o mundo. Menos com o seu guru, Aderbal, penso eu. É esperar para ver.

Deixe uma Resposta