• 05 set 2009
  • Postado por Tiago

Quebrou o pau

O pau pegou rasgando na sessão do ex-aquário peixeiro na noite de quinta-feira. Para alguns foi a melhor reunião do ano, até agora. Tudo por conta dos projetos de resolução da Comissão de Legislação, Justiça e Redação final, que aprovavam os vetos do homem dos galináceos, Jandir Bellini (PP).

Então tá!

Os vereadores que comandam a comissão são o engomadinho Clayton Batschauer (PR), a eterna locomotiva do society Renato Ribas e o barbudo Douglas Cristino (DEM). Acontece que o Clayton e o Douglas se abstiveram de votar. O trio fez o decreto para aprovar o veto e correu da raia! Phode?

Pá daqui e pá de lá…

Foi o estopim para o debate ferver e a sessão avançar noite adentro. Chegaram a parar e ir digladiar no plenarinho, longe de zóios e zovidos dos presentes. Afinal, dois dos projetos que receberam o veto do burgomestre Bellini são de autoria do Douglas e do Clayton.

Foi por isso…

O hoje intisicado Paulinho Amândio (PDT) pegou um papéli do projeto, que tá tramitando no Legislativo, criando uma porrada de cargos na Saúde. Quem se perdeu e vestiu a carapuça foi o Douglas que disparou rapidinho que não era por isso e cosa&tal.

Chama tudo

O desassossegado Luis Carlos Pissetti (DEM), debulhou que vários vereadores tão assanhados para cair na disputa em 2010 para a câmara federal e leléia, e que seria pertinente que todos se achegassem para discutir estas candidaturas. “Para que tenhamos representantes em Florianópolis e Brasília”, alembra Pi…7.

Ouro negro

O vereador Níkolas Reis (PT), protocolou requerimento pedinchando a criação de uma comissão parlamentar especial de estudos dos royalties do petróleo. A senadora Ideli Salvatti (PT) tem um projeto nesse sentido e pretende buscar o que é nosso.

Do outro lado da vala

O carecão Evandro Argenton (PSDB) também emplacou na câmara do outro lado da vala, em Navegantes, um requerimento para a bancada catarinense para buscar para o município a grana espirrada pela exploração do ouro negro. Já passou da hora de nos mexermos.

Protógenes na área

O delegado da Polícia Federal, Protógenes Queiroz, que botou atrás das grades abobrões do cenário político nacional, profere palestra em Barra Velha, no próximo dia 8. Quem está eufórico com a presença do homi na região é o vereador Marcelo Werner, já que Protógenes agora é ‘companheiro’ do PCdoB.

Pinga-fogo

O Conexão News, programa de entrevistas do Paulo Alceu – todo domingo às 10 da noite, na Record News, traz este final de semana um baita debate entre os deputados federais Paulinho Bornhausen (DEM) e Décio Lima (PT). O assunto principal deve ser o porto de Itajaí e o corte de verbas do governo federal. Eita!

Abraçadinhos…

O vereador Níkolas Reis e seu colega Marcelo Werner estiveram ontem na rádio 106,7 para dar um plá com o Rubens Angioletti. Werner foi se defender dos que querem seu pescoço (o PT, né!?) e o Níkolas estrebuchar chororó da barreira situacionista que segura seus pedidos de informações. Saíram dali abraçadinhos…

Brava Beach

Interessante este projeto que foi lançado para o país e pouco se sabe na região do Brava Beach. Será que quem sabe não quer falar muita coisa? Acredito que tem que avançar e modernizar mas com responsabilidade e informação. Primeiro em casa…

Não pode ser…

…apenas o padre. Tem que chamar o monsenhor, bispo, Papa, o pastor e etc. e tal. Ontem, circulou fortemente nas barrancas do nosso valão maior que o berço do Teconvi terá que receber um baita reforço para aguentar nos trilhos aquelas baitas geringonças catadoras de contêineres. Só se benzer…

Enfiou tudo (credo!)

E não é que as estacas têm que ter uma enormidade mesmo? Na tarde de ontem, já tinham socado mais de 56 metros. É coisa que não se acaba mais. Ali, ao lado do Centro de Eventos, tem umas que serão usadas no berço da Marinha que tem 14 metros e já é um fim de mundo. Imaginem 56? Coisa de doido!

Cadê? Cadê?

A cidade está cheia de gente pedinchando uma ajudinha aqui e acolá. No centrão de Itajaí, então, é um absurdo. Não sou favorável que se pegue estas pessoas e as levem pra longe, como fazem algumas prefas safadas pelaí. Mas é a demonstração que o desenvolvimento social anda devagar, devagarzinho. E não é?

Nem te ligo

Estes dias, as assistentes sociais estiveram no último andar do paço da Vila Operária e, segundo elas, que registraram um BO na delega, teriam sofrido assédio moral por parte do amaciado chefe de gabinete Edson D’Ávila (PP). As gurias queriam entregar um papéli para o alcaide JB.

Bico grudado?

No papéli, tem um baita blábláblá contra a emplumada secretária de Desenvolvimento Social, a chique e emplumada Rosane Casas. Contudo, a muié, dizem as línguas afrouxadas e bicudas de plantão, não bate as asas porque seu maridão, o todo poderoso Deodato Casas, num dexa. Oh, vida! Oh, dor!

O único ungido?

Informação que pipoca é que a vice-prefeita Dalva Rhenius (DEM) não deve sair candidata a uma estofada cadeira na Leléia. E que o único candidato que vai receber a bênção do Jandir será o Paulinho Bornhausen (DEM), que virá à reeleição para a câmara federal. Hummm…

Doido que faz…

Teve contra que caiu de pau no esfolado lombo deste socadinho escriba por ter elogiado o trabalho desenvolvido pelo Zé Bellini no Codetran. “Tu tá maluco, o Zé é doido varrido! Depois que ele assumiu o trânsito só piorou…”, detonou um mais ácido.

Morrer tentando (e não errando…)

Acredito que mais vale um louco que pelo menos se coça para fazer algo, que um considerado ‘são’ que não erra tentando. Então, é assim: tem que pelo menos tentar fazer algo. Lógico, que não se pode apoiar brincadeiras num assunto sério como o trânsito e não tenho visto o Zé doido, ops, Zé Bellini, fazendo.

Tá vendo o problema

O vereador Marcelo Werner tá cobrando do poderoso Sérgio Rizzi a ampliação dos horários dos busões no interior de Itajaí. Quem se aventura ou mora na região do Brilhante ou Campeche e tem que se deslocar até lá quase morre. Imagina pegar um busão na Paciência e ficar duas horas rodando. Não é mole, não!

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta