• 23 set 2009
  • Postado por Tiago

Batendo asas

O Tito Arruda (PTB) tá com a carta de desfiliação na mão para entregar para o gordo presidente da sigla, o João Armando. Arruda deve migrar para o PSDB, onde vai arregaçar as mangas pra eleger o reitor da Univali, José Roberto Provesi, deputado federal. Tito diz que traz mais uns cem nomes para o ninho dos bicudos.

Ci e Moon

O ex-prefeito de Navegantes, Moacir Alfredo Bento (PMDB), o Ci, e o ex-secretário da Pesca de Itajaí, Antônio Carlos Moon, assinaram a fichinha do PPS na noite de ontem durante encontro regional da sigla, na Maravilha do Atlântico. Candidaturas à vista?

PMDB rachado

Com a ida do PMDB para o governo, ficou evidente o racha na sigla peixeira. Tanto que já existem três candidatos à presidência, o Omar Bernardino que concorreria pela reeleição, o vereador Laudelino Lamim e a professora Jaqueline Rebelo. Sendo que os dois primeiros estão ao lado do atual governo.

Bomba!!! Bomba!!!

Outra situação que vem pipocando é o desejo do ex-superintendente do Porto, Wilson Rebello (que teria sido ‘inocentado’ da Operação Influenza) ser candidato à Leléia, caso sua mana consiga presidir o partido. E que essa vontade teria, inclusive, o aval do governador bigodudo LHS. Será que será?

Encampar tudo

Ninguém é doido varrido para querer que todos os que ocupam espaços no Marcílio Dias sejam colocados no zolho da rua. O que se discute é que o local hoje pertence ao município. E é pertinente que o alcaide de plantão, no caso o homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini (PP), se coce para fazer algo.

E eu com ilso?

Na verdade, hoje o próprio estádio está se esboroando. E tem situações que têm que ser juridicamente discutidas, como a de um prédio quase em frente ao camelódromo que para ganhar garagem teria supostamente invadido o terreno do clube. Daqui a pouco vão entregar tudo sob a alegação que tá podrão etc. e tal.

Ninguém liga

Itajaí tem hora que parece terra de ninguém. Basta esticar o bago do zóio e ver há quantos anos se arrasta a questão do camelódromo que tá socado em cima de uma praça pública e sem que haja a devida licitação para que seja justa a ocupação do local. Situação que não acontece nos dias atuais.

Prevaricação e omissão

Aliás, essa lengalenga começou lá atrás, no tempo do então prefeito João Omar Macagnan (hoje DEM). E passou Arnaldo (PMDB), Volnei (PT), Jandir, Jandir de novo e, pelo andar das carangas na Marcos Konder, vai continuar na mesma. Ou JB vai perder a barda de empurrar pela barriga e tocar fogo no rabo dos seus ‘colegas de trabalho’?

Passa pra lá

Quem já defendeu que fizessem um camelódromo bonitinho no Gigante das Avenidas foi o desassossegado Luis Carlos Pissetti (DEM). Com isso, além de gerar mais empregos, se criaria uma área bacana. Quem hoje, na boa, consegue dar uma mijada no banheiro do camelódromo? É uma baita vergonha pra cidade…

Aliás, o gordo…

O irrequieto Pi…7 tem dois projetos interessantes. Um é o que institui a política municipal de abrandamento do aquecimento global, diminuindo a emissão daqueles gases medonhos que causam o efeito estufa. Com isso, a cidade pode, lá na frente, se beneficiar dos créditos de carbono.

Tocar fogo

Outro projeto do democrata que deve ter baixado às sacrossantas comissões do ex-aquário peixeiro é o que cria na cidade um crematório. E é uma boa, já que nossos cemitérios estão lotados e hoje é uma prática que vai causar uma poluição bem menor do que os sepultamentos.

Saúde pública

Ou alguém duvida que o campo da Fazenda não seja uma área de risco? Por isso a instituição de um crematório na cidade é também uma questão de saúde pública. Ou seja, é uma boa proposta.

Se espirrar, saúde, Bob!

O vereador Marquinhos, do PT do outro lado da vala, em Navegantes, anda desacorçoado. Todos os pedidos que faz são barrados pela tchurma de situção, que defende com unhas, dentes, cotovelos e o que for possível o burgomestre Bob Carlos (PSDB), que resolve tudo na base do beijo.

Ah, que vontade…

Marquinhos tentou emplacar uma CPI do Hospital e seguraram. Tentou o da empresa de ônibus, que continua prestando serviço ao município, e nada. Por último viu ser barrado o questionamento sobre o pagamento da conta de água que o DAE de Navega deve ao Semasa de Itajaí. Ficou na vontade…

Deita o cabelo

A verdadeira barragem armada pelos governistas alardeia que o ‘querer’ do porraloca petista Marquinhos tem ‘caráter político’. Ah, a Maria Flor (PMDB), está se especializando em carcar na hora da votação. Ou seja, entrou na linha “não inflói e nem contribói”. É mole!?

Vou e acabou!

Na feijoada do Bicudo, no último sábado, tinha ‘convidado’ de outras siglas miúdas que tava soltando fumaça pelas ventas e não engolia o pedido de governistas de sete costados para sossegar o facho e não cair na disputa à Leléia em 2010. “Eu vou pra não ficar na mesmice!”, debulhava, sem dó, um mais intisicado.

Não convidaram

No conversê dos vereadores da Maravilha do Atlântico com a comunidade, na Audiência Pública, foi sentida apenas uma falta, a da Polícia Militar. O burburinho no plenário era: “onde está o coronel Koglin?” O homi não tava na mesa das otoridades e um barnabé puxa do prefeito Edson Periquito foi atrás da informação.

Foi e não foi?

Ao bater um lero com um assessor direto do vereador Orlando Angioletti (DEM), presidente da comissão de segurança da casa do povo, que também presidia a audiência pública, o barnabé descobriu que Koglin foi convidado, confirmou e estranhamente não deu as caras.

Nem nada

Ontem, no programa do homem que ruge, o Tigrão, na rádio Menina, o coronelzão de mais de dois metros de altura afirmou que não foi convidado para o conversê. Koglin disse que apoia a criação da guarda municipal, disponibilizando ainda a estrutura da PM para a formação dos guardinhas do Periquito.

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta