• 15 out 2009
  • Postado por Tiago

É pau, é pedra, é o …

A bronca denunciada na câmara pela Portal Conservação e Limpeza Ltda contra a empresa J. Moreira Ltda, citando o nome do vereador barbudão Douglas Cristino (DEM), como a coluna noticiou, baixou às comissões na sessão de terça-feira e fez o caldeirão ferver.

Botar o bago em cima

A vice-prefeita e secretária de Saúde, Dalva Rhenius (DEM), garante que não tem nada a ver com a história e que quem faz as licitações é a prefa. A muié se limita a homologar a decisão e deixou à disposição parecer em que garante que não existe parentesco do vereador com a referida empresa.

E o papéli?

As línguas do paço alardeiam que a prefa teria respondido ao MP sobre o ‘atestado de capacidade técnica’, pelo gadanho do padre do Parque Dom Bosco, de que a empresa teria feito quase cinco mil metros de jardins no local que existe meros 700 metros. Será que será?

Assim ou assado?

Se o que se comenta é de fato verdade, fica claro que a prefa entregou o vereador, o padre teria cometido um pecado ao mentir, os sacrossantos da comissão de licitação teriam dormido de touca e não declararam a empresa inabilitada, inclusive, para continuar concorrendo e ganhando trocentas licitações. Se for verdade verdadeira, é claro!

Puliças vingativos?

A guerra entre o vereador do Vassourão, Elói Camilo da Costa,e o bigodudo Laudelino Lamim (ambos PMDB) continua provocando faíscas entre a dupla. Elói pediu aparte na última sessão pra dizer que cada vez que Lamim debulha o pau na PM, a situação fica pior porque os “puliças são vingativos”. Eu, hein!?

Cadê a licitação?

Nesse forrobodó danado que se deu por conta da indicação do vereador Evandro Argenton (PSDB), pra que a bagaça que atravessa o rio seja municipalizada, o que se descobriu é que a empresa detém uma permissão. Tá na hora de fazerem uma licitação. Ou ninguém mais quer explorar esse negócio milionário?

Dos dois lados do valão

Aliás, essa briga não pode ficar apenas na esfera do lado de lá da vala, em Navegantes. Tem que ser ‘comprada’ pelo ex-aquário peixeiro. Todo mundo se utiliza do ferrolho. E o colega do Evandro, a eterna locomotiva do society, Renato Ribas (PSDB), não se coça. Ou está pensando na próxima viagem aos States?

Deixa quieto!

O presidente gorducho da câmara, Luiz Carlos Pissetti (DEM), alembrou que o último grande projeto habitacional foi feito pelo ex-prefeito João Omar Macagnan (DEM), que doou três mil lotes pra famílias itajaienses no seu governo. É de se perguntar: quem comprou o terreno com esse intuito? O alemão Arnaldo Schmitt (PMDB).

Mil baiucas, ufa!

Daí que Macagnan só fez porque o Arnaldo deixou o terreno na sua mão pra distribuir pro povaréu. Aliás, o último grande projeto na verdade foi no tempo do bigodudo Amílcar Gazaniga (sem partido), que no seu governo construiu mil casas. Terreno é uma coisa e casas é outra. Ou tô errado?

União vermelha?

O vereador Níkolas Reis (PT) foi visto enchendo a pança na praia mais desejada do sul do mundo com o ex-candidato a prefeito da Maravilha do Atlântico Sul, Leko Benvenutti (PT). Apoio às suas pretensões a federal? Hummmm…

Ajuntamento total

A senadora Ideli Salvatti (PT), a deputada federal Ângela Amin (PP) e seu cara metade, o turco careca e ex-governador Esperidião Amin (PP), se esbaldaram no desfile da Marejada, no bloco do Portuga. Ideli depois carcou pro Mercado Velho onde ensaiou uns passos de samba. Tavam todos inspirados.

Chope pra relaxar

Aliás, Ideli, Ângela, Amin, Níkolas e o homem dos galináceos, Jandir Bellini (PP), molharam o bico na Marejada com um chope emocionalmente gelado. Olheiros com o zovidos esticados escutaram que JB fazia gosto da dobradinha de muires Ângela e Ideli pra 2010. Essa gente anda escutando demais…

Se tirar o DEM

Isso me faz lembrar um papo que saiu durante uma visita às obras do porto por uma tchurma de vereadores, há alguns meses. Um gaiato falou que o Níkolas poderia ser vice de Jandir em sua reeleição. Ao passo que o petista sorriu e lascou que seria um prazer, bastando tirar o DEM da parada. Que coisa, meu povo!

Porto Já! (participe da campanha do DIARINHO!)

O padre, ops!, superintendente do Porto de Itajaí, Antônio Ayres, depois que voltou da Bélgica teria se mandado pra Argentina, no feriadão. Talvez por ter pego o gosto de estar no exterior, num guentou os ares com cheiro de sardinha de nossa orla. Aliás, há uma baita solução pro porto de Itajaí, na ponta de língua!

O avião me dá asas!

A solução para o porto é comprar um avião para que possa servir para as trocentas viagens de Ayres. O que o padre, ops, Ayres já acumula em milhagens e diárias… Quem sabe o certo não seria o homi ser superintendente da Infraero, afinal, passa mais tempo nos aeroportos que no porto… Bocudo, eu!?

Rodízio de 60 dias

Um busão levou na terça-feira, pra capital manezinha, porralocas, simpatizantes, puxas entre outros pra bizolhar a posse de Vânio dos Santos que é funcionário de carreira da Caixa como deputado na Leleia no lugar do Décio Góes, ambos PT. A caravana peixeira foi organizada pela dupla de Davis: Teixeira e de Oliveira.

Tocando adoidado

O músico Rodrigo Lamim garante que a banda Guarani tá tocando adoidado na Marejada e alfineta que o ex-prefeito Volnei Morastoni e o Normélio Weber quiseram acabar com a fanfarra, digo, banda. Rodrigo ainda faz questão de ressaltar que não tem autorização pra falar em nome da banda. Mas não perdoa…

Perrengues medonhos

O centro de estudos climáticos e prevenção de desastres a ser implantado na Santa & Sofrida Catarina foi apresentado pelo deputado Paulinho Bornhausen (DEM) ao ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, durante fórum sobre mudanças climáticas, promovido pela Fiesp esta semana em Sum Paulo.

Chega, aí!

Bornhausen aproveitou pra convidar Al Gore a dar um rolé em SC. O ex-vice-presidente americano ganhou o Nobel da Paz em 2007 por sua luta em prol do meio ambiente e contra o aquecimento global. E ainda tem um documentário: ”Uma verdade inconveniente” que foi visto por milhões de pessoas mundo afora.

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta