• 12 nov 2009
  • Postado por Tiago

! Num vô! Já fui…

O prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP), deitou o cabelo rapidinho pra capital federal. Chegou a abandonar o povo que queria falar com ele no Prefeitura nos Bairros na Itaipava. Tudo para falar com a ministra Dilma Rousseff e tratar do aumento do calado do Itajaí-Açu. Realmente, de uns tempos pra cá, tá tudo muito calado…

Jandir, Madonna e Jesus

Depois de atender o Jandir, a ministra Dilma vai receber a dona Marisa e a Madonna. O que será que a rainha do pop vai cantar no zovido da ministra? E, será que a Dilma, que perambula país afora de braço com o presidente Lula, vai receber o partner de Madonna, o Jesus da Luz? Ou não precisa falar com Jesus?

Jesus te ama!

O Jandir num precisa falar com Jesus. Ele já tem o homem que diz que ama todo mundo. Artur de Jesus, o peemedebista que, depois de cuidar da Codetran no governo VM, agora cuida da zona… rural no governo JB. Sem graça nenhuma, né não?

O acúmulo do cúmulo…

Nossos amados heróis, as excelências excelentíssimas do ex-aquário peixeiro, nem piscaram pra aprovar uma verba de R$ 14 mil para que seja realizado um jantar pela associação Empresarial de Itajaí (ACII), para que o homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini (PP), participe do rega-bofe.

Num phode!

Nada contra a ACII, que vem prestando relevantes serviços à comunidade de Itajaí e ao meio empresarial. Agora, a prefa descarregar 14 mil pro evento “Responsabilidade Social – alimente esta ideia”, e textualmente dizer que é para um jantar de ideias com o alcaide é um descalabro, uma vergonheira!

Na calada…

Os desmatamentos em Bombinhas têm sido gritantes. Os safardanas se aproveitam do findi, quando não tem fiscalização, e botam a mata atlântica na chón. Chega segunda-feira, as reclamações pipocam, mas nada acontece. É necessário pegar no flagra esses bandidos que assacam contra a mãe natureza.

Sete pragas da cultura?

Ainda repercute de maneira negativa a incontinência verbal do superintendente da fundação Cultural peixeira, Agê Pinheiro, no encerramento do Festival de Música de Itajaí. O homi largou logo no início a pérola: “Itajaí está vivendo as sete pragas do Egito”.

E eu com ilso?

Ora, fazer um discurso destes para um teatro lotado, quando todos esperavam pra assistir o show do Toquinho, faz a galera da área cultural refletir que este grupo, composto também pelo Floriano, não está afinado para dirigir a cultura de nossa querida Itajaí.

Nem aí

Na solenidade de abertura do festival, que aconteceu no auditório da prefa, tinha artistas, escritores, músicos… enfim, uma de gente ligada à cultura. Mas não deram as caras o superintendente da FCI nem o pessoal da Casa da Cultura, nem o prefeito e muito menos um representante. Que descaso!

pagano! Ou não?

Ninguém sabe se o prefeito Bob Carlos (PSDB) se coçou pra pagar o que deve de água para o Semasa de Itajaí. A capital da pedrada e do tiro ao vereador, Camboriú, também deve e não puxa pelo bolso. Qui, qui, qui é ilso, Luzia Coppi?!

Abaixaqui!

O vereador Marquinhos (PT) tá vendo o fechar do ano e nada do seu projeto que diminui o salário do prefeito, vice, secretários ser votado por seus pares na casa do povo dengo-dengo do outro lado da vala, em Navegantes. Marquinhos lembra que em Barra Velha votaram projeto reduzindo os ganhos.

Só lá que phode?

Em Navega, o prefeito Bob Carlos, depois do griteiro, baixou um decreto (ainda tá valendo?) segurando seu salário que era pra ser R$ 18 mil. O vice Emilio Vieira (PP), guloso, não quis saber e requisitou o valor que é de quase 10 mil e tá recebendo – todo santo mês.

Caldeirão fervendo

A última reunião do PP peixeiro pegou fogo na semana que passou. Tudo por conta dos revoltosos da sigla que, inclusive, podem debandar do PP e desembarcar no PPS. O suplente Vanderlei Dalmolin é um dos que mais metem a boca. Enquanto isso, Osvaldo Gern deve pedir 15 dias pra cuidar da saúde.

Quero e acabou!

Dalmolin quer por que quer que o topetudo vereador e presidente da sigla, Gern, vá trampar na prefa para que ele assuma a cadeira estofadinha da casa do povo. O Tonho da Grade quer assumir. Mas Dalmolin num dexa. Credo!

Fosso social?

Acredito até que o vereador Douglas Cristino (DEM) esteja com boas intenções quando aprova na câmara emenda à lei das funerárias, para que continue o rodízio entre duas empresas pra que catem os defuntos de Itajaí. Isso quando é pros fudidos. Já pros abastados, que podem estrebuchar grana

Se é pra melhorar, né…

O secretário do SPDU, Paulo Praun, que vem sofrendo um desmatamento capilar, e o capo bocudo da Codetran, Zé Bellini, ops!, Zé Alvercino, deram uma chegadinha pra um papo profundo com os vereadores. Foram explicar a mão única da Sete de Setembro. Alegam que é pra melhorar o conturbado trânsito.

Ou sai, ou…

Aliás, Praun garante que quando acabar as obras de drenagem e as mudanças no trânsito estiverem concluídas é que as obras do terminal da Fazenda irão começar. O projeto teve que ser reformulado. Não é o local ideal, no entendimento de muitos, inclusive do JB, mas não tem solução e vai ser ali mesmo. Será que demora?

  •  
  • Categorias: JC

Uma Resposta to “Jc”

  1. fabito Diz:

    O governo não deu as caras em nenhuma apresentação…Cultura não dá voto. Talvez por isso os governantes “Tão nem aí…para a linha de frente.
    Ops! Já sei quem pode intervir. Quem poderá nos ajudar?
    Susi Belline!! Guto Dalçóqui!!

Deixe uma Resposta