• 26 nov 2009
  • Postado por Tiago

Pau roncou

O pau roncou direto no ex-aquário peixeiro. O presidente da casa, o gorducho Luiz Carlos Pissetti (DEM), revelou uma cartinha que foi enviada pelo comando da PM pontuando uma série de coisitchas para que o Copom de Itajaí vá para Balneário Camboriú. Foi o estopim de uma serie de paus disparados.

Cabo de vassoura

O Pi7 chegou a lascar que ninguém cuida de Itajaí e que estaríamos perdendo tudo para a Maravilha. Que iriam arrumar um jeito de levar o porto pra lá. Já o bigodudo Lamim (PMDB) se disse atordoado com a informação. “Tô bobo!”, lascou. A berraceira acabou tendo um viés político eleitoral.

Num tem

O desassossegado Pi7 chegou a defender que se um cabo eleitoral aparecer pedinchando voto pra candidato estrangeiro que o pessoal o tocasse e o chamasse de traidor de Itajaí. E foi mais fundo ao incentivar a mulherada a pegar um cabo de vassoura e meter o pau nos candidatos de fora. Eita coisa!

Sobrou isso!!!

Daí foi sarrafada pra todo lado. Lamim chamou o vice-governador de Pavão e que o povo ia responder ano que vem. Já Paulinho Amândio (PDT) contou uma piadinha pesada que teria escutado pelaí, se referindo ao LHS: “O homem botou um pé em Balneário e outro em Joinville e alguém perguntou: o que sobrou pra nós?…”

Quem ama Itajaí?

Voltou à tona a questão da empresa Multilog, que comeu duas ruas na Itaipava e que não cumpriu com as suas obrigações de construir uma creche. O fato vem sendo levantado pelo Paulinho Amândio, que cobra do governo do homem dos galináceos, Jandir Bellini (PP), medidas mais enérgicas.

Prevaricando?

O rolo começou no governo Morastoni (PT), que mandou a desafetação das vias quase seis meses depois pra câmara. Paulinho alega que o valor da área beira mais de R$ 2 milhões de reais. E que a creche que a empresa se recusa a construir (o município dando o terreno) vai custar: R$ 500 mil. E o prefeito faz cara de paisagem?

Magoei

O engomadinho líder do governo na câmara, Clayton Batschauer (PR), foi visto jantando no findi no mesmo restaurante em que enchia o pandulho o ex-prefeito barbudinho Volnei Morastoni (PT). Contudo, não trocaram uma mísera palavra. Estariam magoados pelo passado recente? Oh, tristeza!

Daqui pra lá

O Pi7 andou conversando com um dos chefões da Tedesco, empresa que é dona do teleférico na Maravilha do Atlântico, pra ver a possibilidade de implantar as bagaças voadoras em Itajaí. Existe um projeto antigo de um teleférico no Morro da Cruz que nunca saiu do papéli. É uma possibilidade, devaneio ou sonho?

Vai ficar?

Aliás, as línguas legislativas dão como certa a reeleição da mesa diretora sob o comando do gorducho Pi7. E que ele vai permanecer sentado na estofadinha cadeira de presidente do ex-aquário peixeiro. A verdade é que os possíveis candidatos reconhecem a nova dinâmica do legislativo, sob o comando do irrequieto.

Nem com reza braba

Os linguarudos de plantão dão conta de que exonerado em outubro, do cargo de diretor de obras da prefeitura de Balneário Camboriú, o suplente de vereador Elizeu Pereira não desencarnou do cargo e continua trampando na pasta. Elizeu bateu pé e não deixou o terceiro suplente Luiz Maraschin tomar assento na câmara da Maravilha do Atlântico.

Quem estrebucha?

É uma situação pra lá de estranha. Afinal, se o sujeito foi exonerado, o prefeito Edson Periquito (PMDB) teria advertido que não tinha volta, fica a pergunta que coça sem parar: quem vai estrebuchar o salário?

Deu vida

A ideia que foi gestada pelo ex-prefeito bigodudo Amílcar Gazaniga e o biruta de aeroporto Tito Arruda, de revitalizar o centro para o receptivo dos navios e o natal, trouxe vida àquela área nobre da cidade, com o bar da Trude, o restaurante Pau do Meio, entre outros. Teve gente que chorou de emoção.

Trocar o óleo!…

Teve carola evangélica que foi à loucura com o deputado estadual evangélico e tocador de harpa, Kennedy Nunes (PP), que contou no programa Buscando Soluções que esteve nos istêites e perguntou pr’um chefão de uma prisão que visitou se lá tinha sala pra visita íntima, fazendo um gesto de conotação sexual com a mão: “Vocês sabem, o lugar para o preso trocar o óleo…”.

Pra machucar

Kennedy deu nos dedos do alcaide de Joinville, Carlito Mers (PT). Declarou que rompeu com o prefeito e que ele era um traidor ao garantir que não ia aumentar o preço do busão e ter descumprido a promessa. Acentuou que foi uma decisão “pra andar de cabeça erguida”, mesmo que a sua sigla ainda esteja alojada na administração petista da Cidade dos Príncipes.

Tudo juntinho

O presidente eleito do PT peixeiro esclarece que o ex-prefeito Volnei e o vereador Nikolas Reis estiveram na sede da sigla, na eleição do último domingo, e contribuíram sobremaneira pra construção da candidatura e fortalecimento do Partido dos Trabalhadores em Itajaí e região.

Faz de conta que não vê?

O DIARINHO denunciou que uma obra da família do deputado estadual Debinha Malvadeza (PMDB) estaria ao arrepio da lei, sendo construída sem lenço e sem documento, do outro lado da vala. As línguas desaforadas alardeiam que botaram um tapume e a obra estaria sendo tocada de vento em popa… Será que será?

Dodói pra trampar…

O vereador Osvaldo Gern (PP), do ex-aquário peixeiro, se recupera de uma intervenção cirúrgica numa perna e ficou no carro em frente à câmara despachando com o seu assessor, na quinta-feira. Vorta na semana que vem. Contudo, não tava dodói pra estar presente na festança em frente ao píer, no dia de sessão…

  •  
  • Categorias: JC

Uma Resposta to “Jc”

  1. dinho Diz:

    Quero dar os parabens ao nosso amigo JC..
    Mais tambem quero falar aqui p galera das Bombnhas que costumo passar finds semana por la, que estao de parabens o Pref Maneca kioski e sua equipe, tao compramo maquinarios e arrumando a cidade legal…
    Ja o EX pref Margarina deixou tudo quebradaço…

Deixe uma Resposta