• 05 dez 2009
  • Postado por Tiago

Tiriricas da vida

Além de convidar o pessoal do executivo da região, o presidente do ParlAmfri, Aquiles José da Costa (PMDB), ainda chamou uma baga do PMDB, como o deputado estadual Debinha Malvadeza. Há quem esteja louco da vida, debulhando que Aquiles transformou a última reunião do ano em um baita estrado pra sua sigla.

Meia sola

Afinal, quem idealizou o ParlAmfri foram os vereadores de Itajaí, só que foram tansos e deixaram o pouca pratica do Aquiles se mexer e conseguir a presidência da entidade. Agora, tá virado num alho. Sendo tocada por um vereador despreparado que quer fazer da entidade um palanque pessoal e partidário.

Na espinha

O alto staff palaciano, procurador João Paulo Bastos Gama, chefão do SPDU, Paulo Praun, e o chefão da auditoria fiscal, Afonso Arruda, estiveram reunidos com a bancada de situação, no ex-aquário peixeiro. O intuito foi mostrar o motivo do por que aprovar a atualização da planta genérica, a isenção e o aumento do IPTU.

Merreca?

Os sabichões do governo alardeiam que a isenção passa de dois pra três salários, que a planta genérica do município tá pra lá de defasada e que tem muito bom da boca que não tá estrebuchando o que deveria. Informam que o IPTU em Itajaí, na esfera da arrecadação tributária, representa menos de 4% do total.

Goela abaixo?

Já o líder do bloco de Organização Política e Estratégica (Bope), Nikolas Reis (PT), chamou o governo de mentiroso e diz que a população vai sentir no lombo quando receber o carnê do IPTU no ano que vem. Nikolas prevê que haverá aumentos em alguns casos de 1000 até 3000%. Será que será?

Saindo do muro

O vereador Marcelo Werner (PCdoB) parece que vai pular do muro. Votou com o BOPE, mesmo estando em uma situação independente. Aliás, o papo que rola no seio dos camaradas é que a bonitona Ângela Albino será a candidata à Leléia e Marcelo candidato à câmara federal.

Encher a pança

O Ney, do sindicato dos caminhoneiros autônomos, tá pedinchando ao porto de Itajaí um local para a triagem de 450 caminhões. Além de um local pros paus velhos, o cabeça branca Ney quer, também, um restaurante popular funcionando 24h, pra encher o pandulho dos caminhoneiros dos brutos. Que coisa!

Quer o poleiro…

Teriam rolado cartas marcadas pra determinar que os postos chaves da CPI do hospital Santa Inês fossem ocupados pela oposição. O caso teve como um dos artífices o vereador José Hannibal, o Zé Galinha (PP), que recebeu o aceno de que terá apoio pra presidência da casa do povo, quando o Moacir Schmitt (PSDB) apear do cargo.

Dublê escancara

O quebra pau medonho e os assentos escolhidos pela bancada de oposição só vêm reforçar o discurso do dublê de novela mexicana, Claudir Maciel (PPS), que enfatiza que a comissão parlamentar de inquérito é apenas dos tucanos. Tem que abrir a caixa preta ou tem-se medo das revelações? Eu, hein!?

Nos píncaros da lua

A prefeita loirosa Luzia Coppi (PSDB), da Capital da Pedrada, Camboriú, tava com a boca na zoreia na noite de quinta-feira. A muié convidou a imprensa da região pra um jantar de final de ano e os alegres meninos e meninas foram em peso. Rolou comilança, bebelança e teve até quem desafinou numa cantoria de violão.

Festança com faísca

Outro rega bofe foi a inauguração do despachante Espíndola, do Faísca, na mesma noite, no centrão de Itajaí. Teve uma de gente chicosa e os tucanos pousaram em penca no evento. Até o ex-prefeito Guto Dalçoquio (PSDB) deu o ar da sua graça com a sua namorada arrasa quarteirão a tiracolo. Quem pode, pode…

Atravessou o mundo

O conhecido arquiteto, ex-vereador e biruta de aeroporto Tito Arruda já voltou da China e agora se inteira novamente do cotidiano e da política da pequena pátria. Tito tem uma porrada de histórias pra contar…

Meio mundo

Na segunda-feira o presidente estadual do PMDB, Eduardo Pinho Moreira, pinta em Itajaí pra um encontro com o pessoal do manda-brasa da região. O vereador bigodudo Laudelino Lamim (PMDB) tá convocando na caruda o pessoal, pois quer fazer o lançamento da sua pré-candidatura à Leléia.

Ajuntamento total

Além de chamar os partidários, simpatizantes, parentes e puxas de plantão pra inchar o evento, o Laudelino (não confundir com Laudelindo), pretende com isso mostrar força e fazer uma baita média com o chefão do partido no estado.

Lamim-e-Douglas

No plenário o papo rola solto entre os vereadores peixeiros de Cordeiros e do Brejo, Laudelino Lamim (PMDB), e Douglas Cristino (DEM). Mas, nos bastidores, a disputa política é grande e o pau ronca feio. Aliás, que dedinho levantado é esse do Lamim?

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta